Este site foi concebido para ser visto num browser dentro dos limites da caducidade: infelizmente não é o caso do seu. Assim, a sua experiência de navegação será seriamente afectada. Sugerimos a instalação de um browser mais séc. XXI, se lhe for possível: http://www.mozilla.com/firefox . Mas qualquer outro serve.

Rititi

Rititi

INÍCIO

  • querido blogue no outro dia fui

    Querido Blogue,

    No outro dia fui indecente. Nao quando falei daquelas coisas todas sobre a masturbaçao e os gajos; aí acho que estive muitíssimo bem. Mas tenho ouvido algumas críticas porque nao escrevi que também há o lado feminino do blogue. Como no cérebro, percebes?

    Pois bem, eles andam aí, tao giros, tao voláteis, com tanta foto do cao, do gato, do filho, merda pro filho. Que grandessíssimas secas. Que gajas sao essas? Antes os gajos, quero lá saber da solidariedade feminina e dos soutiens queimados nos sessenta.

    Claro que nao vou dizer os nomes dos blogues. Nao por ética ou medo a perder audiência: nao me lembro. E mesmo que me lembrasse, tenho medo.

    Vamos ao que interessa: Independentemente da filosofia do blogue existem características comuns:

    A tolerancia, por supuesto, faz parte do lado feminino da humanidade (e segundo algumas parece ser mesmo exclusivo). O que estas gajas nao estao a ver é que para se tolerar alguem esta-se a fazer um grande frete, aliás nem se pode com o gajo, é estupido que se farta e só em nome do parece-bem nao lhe vamos aos cornos. Portanto, ó minhas, ser tolerante é, no minimo, ser uma grande vaca hipócrita!!

    Outro tópico. A sensibilidade. Pois, levem lá a bicicleta. Isso e mais o sexto sentido. Se vinha no kit, entao que lhe devolvam o dinheiro à minha mae porque eu nao trazia nada disso.

    Mas para Top Mais: a maternidade! Depois de ler alguns textos eu até tenho medo de algum dia ficar grávida. Pelos vistos as mulheres ficam automaticamente transformadas em heroinas da Marvel, com poderes que multiplicam os sentidos por 500 milhoes de capabaites. Um duche de amor e ouro… Ai, foda-se.

    Deve ser, aliás, graças a esses mega poderes (aliados à tolerancia, pues) que as Maes de Bragança se têm safado tao bem!



    Por Rititi @ 2003/12/05 | Sem comentários »

    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *