Este site foi concebido para ser visto num browser dentro dos limites da caducidade: infelizmente não é o caso do seu. Assim, a sua experiência de navegação será seriamente afectada. Sugerimos a instalação de um browser mais séc. XXI, se lhe for possível: http://www.mozilla.com/firefox . Mas qualquer outro serve.

Rititi

Rititi

INÍCIO

  • hoje sinto me do mais alcista assim

    Hoje sinto-me do mais alcista, assim como o preço do petróleo, descontrolada total e ao ponto de provocar mais uma crise mundial, mas sem as implicações geopolíticas do costume, que uma mulher não está para entrar em conflitos internacionais só por causa de uns quantos milhões de barris de crude por dia. Porque hoje, e ao contrario do mercado de derivados, acordei do mais positiva, alheia de todo aos indicadores macro e às previsões de abrandamento na zona euro. Claro que a minha performance normalmente está indexada ao comportamento de variáveis tão imprevisíveis como o tempo, os bares que continuam abertos no Verão ou nova colecção do Karl Lagerfeld para a H&M. Coisas da vida e da inflação real, deve ser isso.

    E nem a leitura da triste realidade social na imprensa rosa lusitana é capaz de mandar abaixo a confiança desta humilde consumidora, indiferente total que sou a que os resultados da sexual-life dos nossos vip’s em Vilamoura tenham defraudado públicos e privados. E compreende-se, pá, que quando um País tem um José Castelo Branco como benchmark da jet-set, é muito fácil que a Caras e a Lux passem rapidamente a ter uma rentabilidade negativa, por muitas previsões que os analistas internacionais tenham feito neste sentido. Porque se não se tem a conta o risco “são-sempre-os-mesmos-do-costume-a-aparecer-nas-revistas” não há expectativas que resultem, nem quem tenha pachorra para as sempre excitantes aventuras do Marcelo Rebelo Sousa nas praias do Algarve. Como investidora com perfil de risco médio-alto, exijo que se lance ao mercado um programa de televisão cuja valorização final esteja associada a um escândalo sexual baseado na performance de um desconhecido entre um cabaz de dez antigas beldades pátrias pré-seleccionadas nos puticlubes do Cais do Sodré. Te cagas en las bragas, tia, êxito assegurado. Se os poderosos ouvissem as minhas indicações, Portugal não só entraria no G-8, como as consequências para a produção industrial e as vendas a retalho seriam do mais sorridentes. Não sabem o que perdem estes gajos.

    Mas eu, dizia, não deixo que este enquadramento contagie a minha conjuntura emocional, que para alguma a coisa a tenho. Hoje sinto-me como um fundo de obrigações de taxa fixa: após rentabilizar a minha exposição à cerveja de barril de triplo rating, ó surpresa, não só capitalizei os efeitos diuréticos da cevada como que já me cabem outra vez as calças justas do ano passado. E é que não há melhor investimento para uma mulher que aquele que ajuda a perder dois quilos em Agosto. Está dito.



    Por Rititi @ 2004/08/17 | Sem comentários »

    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *