Este site foi concebido para ser visto num browser dentro dos limites da caducidade: infelizmente não é o caso do seu. Assim, a sua experiência de navegação será seriamente afectada. Sugerimos a instalação de um browser mais séc. XXI, se lhe for possível: http://www.mozilla.com/firefox . Mas qualquer outro serve.

Rititi

Rititi

INÍCIO

  • querido blogue o meu grelo anda dum

    Querido Blogue,

    O meu grelo anda dum sensível que não há quem o ature, coitado, e isso que faço os impossíveis para tenha uma vida relaxada e livre de preocupações mundanas. Mas não há creme ou cuequinha de renda que o relaxe, porque o meu grelo é do mais informado que há, e desde que leu que graças ao novo Governo pátrio não vai poder fumar nos restaurantes depois de uma valente feijoada de chocos, olha, anda tristíssimo, com uma depressão de cavalo de nem te conto. De nada me serve explicar-lhe que é tudo pela Saúde Púb(l)iça do Povo, que os nossos governantes são super altruístas e que só querem o nosso bem, aliás temos a sorte de que os que mais mandam sejam super amigos da Vida em geral e dos mais indefesos em particular, nasciturus e grelos incluídos.

    É que estou farta de tentar que perceba que graças à nossa Direita, que por acaso é a que mais ordena, os maoístas mauzões já não podem andar por aí a assassinar criancinhas indefesas, porque a malta de esquerda é toda abortista e cabrona, vendida que têm todos a alma a Lúcifer de tanto livro em francês que leram na época do exílio em França, berço de desmiolados descrentes de Deus. E muito devemos agradecer que os moralistas, que ainda vêm a televisão a preto e branco e ignoram que a pílula já se vende sem receita médica, se empenhem tão piamente, mesmo recorrendo a navios de guerra, em tentar controlar a nossa sexualidade, porque, se não são eles, o meu grelo estaria entregue a uma vida de loucura, depravação e desmanchos cada mês e meio.

    E o meu grelo que não, que não está para me ouvir, e a culpa é minha, ninguém me manda levá-lo a beber copos à festa do Partido Comunista Espanhol, e agora está a pensar organizar uma manifestação às portas de São Bento, clamando contra a hipocrisia lusitana e a puta que os pariu a todos. E eu que já li o rascunho do discurso, nem me parece mau de todo, porque se uma coisa tenho é um grelo muito culto e com um sentido critico impressionante. Até já se passou ao ateísmo depois de uma crise de fé quando viu o nosso Primeiro-Ministro a pôr flores a Santo António de Alfama. Enfim, que o meu grelo vai-se manifestar e exigir Dignidade à seria, que estes gajos da direitona casposa que congela os salários muito gostam de defender a suposta Vida de uma ervilha de três centímetros e aos vivos que nos fodam, que não há quem conduza pelas estradas portuguesas sem sofrer uma tentativa de atentado mortal cada quinze minutos. E a policia, a beber grades de cerveja na berma, que não está para ser chateada com mariquices.

    E já que está com as mãos na massa, o meu grelo vai aproveitar também para se queixar daquela vez que esteve dez horas na sala de espera do Hospital de Santa Maria para ser atendido de um ataque de apendicite, que afinal eram gases, e ainda bem, porque senão tinha-se ficado por lá, só que no congelador mortuário. Já agora, usufruindo dos quinze minutos de fama à frente do Parlamento, agradecerá a este Governo que tanto ama a Vida a pensão de quinze contos que recebem as Avós do nosso Portugal; e a morte de centenas de mulheres às mãos de maridos apaixonados pelo sangue e ciúmes sem que a ninguem lhe importe um caralho; e os montes que se queimam; e o trabalho infantil; e a condição de escravidão em que vivem os emigrantes que procuram uma certa dignidade no nosso país; e o desemprego galopante; e a falta de bolsas de estudo; e o preço da vivenda para os mais novos; e outros pequenos detalhes que não interessam a quem de verdade ama a Vida, com maísculas e cartazes de fetos.

    É que já disse que ando com o grelo muito sensível.



    Por Rititi @ 2004/09/06 | Sem comentários »

    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *