Este site foi concebido para ser visto num browser dentro dos limites da caducidade: infelizmente não é o caso do seu. Assim, a sua experiência de navegação será seriamente afectada. Sugerimos a instalação de um browser mais séc. XXI, se lhe for possível: http://www.mozilla.com/firefox . Mas qualquer outro serve.

Rititi

Rititi

INÍCIO

  • querido blogue ter um grelo moderado

    Querido Blogue,

    Ter um grelo moderado nestos tempos de anormalidade em que vivemos é, no mínimo, tarefa para uma freira carmelita de clausura. E não me refiro só à dose de pachorra necessária para suportar a Teoria da Homossexualidade da Sra. Ana Botella, a defensora da diferença entre a pêra e a maçã, o pirilau e a passarinha. Segundo a mais devota das Legionárias de Cristo, o matrimónio gay é tão improvável como que a maçã e a pêra se casem e tenham filhos. Afinal somos todos criaturas de Deus e não há diferença entre um fruto de árvore e um gajo de pelos no peito. Haja paciência.

    A mesma que a que se requer para não mandar enfiar o dedo no cu à cambada de betos comichosos que parecem invadir a imprensa, os cafés, a noite, o social em geral e, cada vez mais, a blogosfera em particular. Preconceituosos, machistas rebarbados e tremendamente complexados na sua condição de galinho mandão da capoeira mental em que vivem, consideram-se na posse da Verdade acerca do comportamento dos géneros: gajo é Deus e gaja, no mínimo mãe de filhos. Mulher que é verdadeiramente Mulher, dessa que se gosta para casar e apresentar aos colegas nos jantares de empresa, é fina, bem falada e sempre depilada. Maquilhada na alma e que nunca chame a atenção, como se a exuberância fosse a causa de todos os males da Humanidade desde que a Eva mordeu a puta da maçã. Se foge a estes princípios básicos de condicionalismo socio-católico, o mínimo que lhe pode acontecer é ser chamada de badalhoca, feminista histérica, dona de uma vagina extremista e condenada para sempre à cruz da mulher perdida no sonho utópico da igualdade. Ou então, está com o período, incapaz de dominar as hormonas selvagens, a coitada. Mulher boa é aquela que vive com resignação a ovulação e nos momentos difíceis se esconde debaixo dos pensos higiénicos para não incomodar o Macho, o dos tomates poderosos. Se alguma vez ousa sair destes parâmetros que se vá preparando, que o Homem não tem porquê aturar merdas feministas, tá mas é calada, que ainda tens a surpresa e vou-me consolar com outra que me receba de pernas abertas e sem me questionar. Mesmo que seja pagando, que para isso há putas. Mulher que é Mulher, das de verdade, apara-se para parecer bem na cama, usa fio dental porque ele gosta, para que não lhe falta nada ao gajo do colhão mágico.

    E o Homem, dentro desta lógica machista e tão perigosa, o Machão, claro, essa fonte de vida na ponta da pila, abardina porque tem o direito, porque manda e porque ele é que escolhe: já se sabe quanto medo tem a gaja a ficar sozinha, encalhada e sem ter quem a cubra.

    Bem sei que me repito, mas cumcaralho, es que una ya no tiene el coño pá ruidos, e menos nesta altura do Natal.



    Por Rititi @ 2004/12/28 | 23 comentários »

  • jp says:

    AHAHAHAHAH!!!…Extraordinário…
    Boas Festas para si tambem

  • Angela says:

    Sei do que estás a falar. Passei por lá e vi. Achei de um completo mau-gosto. Ignorei e fechei a janela daquele texto. Ainda bem que não somos todas assim. Ainda bem que não ignoraste e escreveste. Isto vale a pena ser lido. Obrigada!

  • mfc says:

    Li o outro… e li este!
    Comentei no outro:"É como quiserem!"
    O como quiserem.. é plural!
    Sem querer ser chauvinista, perguntaria: porque o fazem no Verão?!
    Compreendo os dois lados e percebo o seu grito, mas há que haver razoabilidade, tá?

  • PreDatado says:

    Rita, eu sei que era publicidade gartuita mas gostava de ter indicação do "outro". Já agora…
    Quanto ao teu, a Rititi a que me acostumei.

    (o fio dental até que dá pica)

  • Béssi says:

    Um comentário desnecessário… Mas precisei de fazê-lo.
    Genial!
    É sempre um prazer ler-te.

  • jorge says:

    eheheheh..

    essa do colhão mágico é de morte!!

    e o texto é, como sempre,pertinente!
    besitos.

  • P F says:

    Não vás em cantigas… dizem por aí, em livros de histórias que não li, que quem mordiscou a puta da maçã foi o Adão e não a digníssima Eva (e até tem uma certa lógica, com a sofreguidão que o desgraçado deveria estar por comer a fruta, comeu logo a primeira que viu à frente… e acho que até se engasgou, ficou com o caroço entalado a seguir à laringe e deixou de falar fininho)

    Beijos e óptimas entradas…

  • Sandra says:

    Eu não comento. Subscrevo. Que bom saber que por aqui ainda há mulheres com eles no sítio. O mesmo não se pode dizer destas em: http://www.mulheresemaccao.org. Geralmente vou lá só para ter a certeza que não estou a ficar maluca e já que não tenho saco de boxe em casa…

  • zen says:

    ó rititi os meus melhores e mais sinceros parabéns! também vi essa ridícula manifestação de sabedoria chauvinista (o último parágrafo é delirante) e, se é mesmo disso que falas, este comment traduz o que eu senti quando li "aquilo"!

    continua!

  • Luís F. Simões says:

    … a mulher para obter a verdadeira emancipação deveria libertar-se de si mesma.

    Perdem tanto tempo com a pseudo-sedução-social que com o tempo nós homens (após uma noite de boémia com o eterno copo na mão, tudo porque as mulheres envernizadas e sei lá que mais, mais parecem competir entre si do que com os supostos «machos»), perdemos a conta às masturbações.

  • O_Pombo says:

    Rititi, permite-me discordar, pelo menos em parte.
    Estou certo que se num blogue uma mulher fizesse esse tipo de apelo à homenzarrada lusa, tu e praticamente todas as leitoras não achariam ordinário, discriminatório, sexista. Basta um homem fazer uma leve sugestão nesse sentido, e cai logo mal, é logo um machista sem emenda, um retrógado, enfim… Nós encolhemos os ombros e sorrimos, vocês formam uma revolta popular à la sufragette. Os homens sabem-no e por vezes tais coisas são ditas/escritas, não por encerrarem um pensamento verdadeiramente machista, mas simplesmente pelo gozo de vos ver esbracejar em fúria, para vos picar. O feminismo, sendo discriminatório por natureza (nem mais nem menos que o machismo) suscita reacção inversa – ambos são nefastos, apesar de um ter uma conotação negativa e o outro ser visto como digno de almas emancipadas e prá-frentex. Conheço várias auto-declaradas "feministas" mas, infelizmente, nunca conheci nenhuma mulher que se auto-intitulasse "igualitarista".

  • Joao says:

    Mas ó Rititi… tu vives em que século?

  • Não vou por aí! says:

    Uma duvida…
    Do que aprendi e vou aprendendo com as mulheres, uma das coisas é que a magia de um homem não está seguramente no colhão, sendo assim…porquê tanto destaque ao "gajo do colhão mágico"?

  • rititi says:

    Este texto, apesar de ter sido motivado por alguns textos específicos lidos nas ultimas semanas, nao está dirigido a ninguém especial. Infelizmente a estupidez é global e repete-se em todos os cantos.
    Mas já que estamos, caro Pombo, uma coisa é provocar e outra é descer a uma baixeza intelectual tao ordinária e tao abusiva que o autor da cagada mental só merece ser banido do meu mundo.
    De resto, cada um acha o que quer, caga as sentenças que lhe vem na mona. Mas quando me atacam pessoalmente, a coisa já é diferente.
    Beijocas

  • O_Pombo says:

    Calma Rititi… Não acredito que o autor da tal tirada o tenha feito com o objectivo de te ofender. De resto, já são históricas as tuas disputas com o autor. Seja como for, essa interpelação directa à tua pessoa apenas pode significar uma coisa: que as tuas opiniões incomodam/perturbam/intrigam/secretamente fascinam/ou o que quer que seja, e que têm influência na "linha editorial" de outros blogues e ocupam o pensamento das pessoas.

  • Montellano says:

    O texto está muito engraçado, como é costume! Só tenho pena de não saber de quem falas (com o Pombo)…

  • Victor Lazlo says:

    ESCLARECIMENTO
    Quem quiser conhecer a causa imediata da fúria olímpica da minha querida Rititi deve clicar no "Victor Lazlo" que está aqui mesmo em cima e ler o post "Extremista vs Radical".

    Acrescento que não sou o autor do post em questão, pelo que o mulherio poderá dirigir a sua ira a quem de direito.

  • Conde-Lírios says:

    E o Prémio "Colhão Mágico" vai para…

  • jorge says:

    venho ainda este ano desejar-te um ano novo cheio de boas coisas!
    beijinho.

  • ANTÓNIO RESENDE says:

    Oh RiTiTi… soube que existias pelo Jornal Tal e Kual… Tas ka kum Pedal…
    Tas a ficar colunavel pariga…

  • Hugo Rosa Ferreira says:

    Não fosse o esclarecimento do meu amigo Victor Lazlo, e este post e a sequência de comentários ao mesmo estariam na linha do discurso do Sampaio quando anunciou que iria dissolver a AR…

    Rititi, independentemente das razões que para ti são fundamento mas que, para mim, não podem, objectivamente, sê-lo, tenho pena que interpretes e reajas assim a "provocações" como as que costumo deixar-te no Frangos. Nunca foi minha intenção despertar em ti um sentimento que te levasse a afirmar que "o autor da cagada mental só merece ser banido do meu mundo", nem aquilo que escrevi tem a natureza de "ataque pessoal". Constato, por aquilo que escreves, que estamos em comprimentos de onda diferentes. No meu, um blog serve para isso mesmo: para mandar as mais brutais cagadas mentais (o que, aliás, tu fazes com mestria!). Se eu quisesse escrever "a sério" não o faria num blog. Tanto quanto sei, eu não estou no "teu" mundo. Nem tu estás no "meu". Não nos conhecemos. Todo e qualquer juízo de valor que façamos um do outro terá sempre por base as cagadas mentais que deixamos nos blogues, as quais, para mim, repito, não constituem fundamento para que reajas assim. Em todo o caso, no meu comprimento de onda tudo isto tem uma importância muito relativa. Se, para ti, não é assim, paciência…

    The Bird

  • rititi says:

    Tío, paso de tí.
    Adiós y buen año

  • Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *