Este site foi concebido para ser visto num browser dentro dos limites da caducidade: infelizmente não é o caso do seu. Assim, a sua experiência de navegação será seriamente afectada. Sugerimos a instalação de um browser mais séc. XXI, se lhe for possível: http://www.mozilla.com/firefox . Mas qualquer outro serve.

Rititi

Rititi

INÍCIO

  • rititi educa o povao 20 nao ha desculpa

    RITITI EDUCA O POVÃO (#20)

    NÃO HÁ DESCULPA

    (ou vamos lá dar mais uma volta à questão levantada pela Vieira)

    Porque a banalização é a maior praga deste nosso mundo bem pensante de merda. Porque não se deve esquecer. E porque o crime não deve ser tratado como uma brincadeira adolescente.

    Porque Harry Windsor* é o terceiro na linha sucessória para se tornar o Chefe de um Estado democrático. Porque a avó desse imbecil é a máxima representante da Igreja Anglicana. Porque Inglaterra perdeu milhares de homens e milhões de libras na defesa da liberdade na Europa.

    Porque o Nazismo foi o crime mais hediondo contra os valores que fundaram a sociedade ocidental. Porque a cruz suástica lembra que a mesma nação que pariu Kant e Bach benzeu o ódio racial, intelectual e religioso. Porque a amnésia histórica permite que a intolerância sobreviva no nosso quotidiano.

    Porque não há desculpa possível para uma cagada deste calibre, muito menos vindo de quem tem o dever histórico e institucional de venerar a memória de milhões de mortos.

    E quem não perceber isto que reveja as imagens de Auschwitz. Se calhar também as acha muito engraçadas, coisas de miúdos parvos.

    *Actualização: Harry não é um puto como os outros. Nem tem direito a sê-lo. Que abdique se o que pretende é dedicar-se à masturbação da sua estupidez em público.



    Por Rititi @ 2005/01/21 | 19 comentários »

  • Jolina says:

    Como já tive oportunidade de referir no Blog da Vieira, eu acho que um puto quer é chamar as atenções.
    Só que encontrou uma maneira um pouco parva de o fazer…

  • LusoFin_oBlog says:

    É apenas um puto a quem ninguém perguntou se queria ser o terceiro na linha de sucessao do reino. Cometeu um erro grave e preocupante, nada mais que isso.

  • Ghibli says:

    Concordo. Convém porém relembrar que, como disseram vocês, é um puto. Como os outros. E os putos fazem às vezes coisas parvas; faz parte…Mesmo quando se é neto da rainha de Inglaterra!

  • Victor Lazlo says:

    Se o puto fosse esperto fazia como o Alberto do Mónaco.

  • Ghibli says:

    OK…calma, calma! :)) Agora vou-me retirar de mansinho…senão ainda levo mais na cabeça! 🙂

  • Sr. Zé says:

    FERPEITAMENTE!!!!! VEM A MEUS BRAÇOS!!!!

  • ANTÓNIO RESENDE says:

    Eles ''ladram''… ''ladram''… e não dizem nada… Tou muito xatiado!… Tou mmo mt xatiaduuu…
    Não é que a ''Vieira'' deixou de aceitar 'postes'', pq um ''gajolas'' lhe andava a ''atizanar'' a carola com brejeirices???
    Que pena ''Vieira''!…
    RiTiTi… Ogb pela ''boleia''…
    És mmo uma Jóiita!…
    Joquitas!

  • mfc says:

    Putos mimados e imberbes que têm conselheiros para tudo menos para o que é preciso!
    O futuro da casa real inglesa está assegurado.

  • jorge says:

    tens toda a razão rititi.
    hà condescendências perigosas…

  • V. says:

    Se a criatura é ou não o terceiro na linha de sucessão ao trono parece-me o menos relevante. Mimado não creio também que seja, pelo menos não no sentido de ter recebido mimo; há, certamente, de ter recebido muita coisa, mas desconfio que mimos e carinhos tenham sido uma delas: aquela família deve ter um protocolo para o afecto. Mas voltando ao cerne, que não julgo ser a posição hierárquica do rapazito, embora a mesma agrave a situação. O que eu acho verdadeiramente preocupante é que alguém encare o nazismo e o holocausto com tamanha leveza.
    Não vou ser cínica e dizer que com coisas sérias não se brinca. Brinca-se, claro, e até se fazem umas piadas que a têm. Mas há certas coisas sérias que não devem ser tomadas de ânimo leve. E ir a uma festa trajando indumentária nazi, exibindo uma suástica, embora absolutamente dentro da temática proposta para a dita festa, é de extrema falta de gosto, digo eu. Mas quem sai aos seus não degenera…

  • vieira do mar says:

    O meu filho, de 8 anos, a quem expliquei por alto o que foi o nazismo, nunca quereria ir a uma festa mascarado de nazi. E nem sequer é preciso ter sido a pátria dele ou os avós a terem levado com bombas na cabeça. Tal como o meu sabe, os vossos filhos, sobrinhos, afilhados, primos, netos, sabê-lo-iam, igualmente. Os "putos" mascararam-se dos seus heróis, ou então dos vilões respectivos, mas são bem conscientes das suas escolhas e opções, desde que estejam informados.
    Por isso, não sejamos paternalistas nem condescendentes, nem os tratemos como idiotas ou incapazes. "Loucura" da idade pode ser apanhar uma piela, ficar pedrado, fornicar uma streeper em público ou qualquer coisa do género. Não envergar a cruz suástica por "brincadeira".

  • Isa says:

    O Harry é um puto, de 18 anos, sim. Acredito que todos os que aqui comentam passaram há muito dos 18 e portanto devem saber bem a cabeça que se tem nessa idade. Comparem-na com a que têm agora. A diferença é abissal, ou pelo menos deveria ser… Não tem culpa de ser o terceiro na linha de sucessão ao trono. Para abdicar ainda tem muito que viver e que saber antes, e no caso, de o querer fazer. Também não tem culpa que os seus ancestrais tenham sofrido os horrores da guerra. E duvido muito que tenha sido para provocar que usou a farda, pelo menos no sentido mais sórdido da palavra, neste contexto, obviamente. Aliás, a reacção do próprio é disso evidente. Os que sofreram com a guerra não precisam de ver suásticas na televisão, e muito menos na farda que o Harry usou, para se lembrarem do que sofreram.

    Toda esta questão, da escolha infeliz da farda, e o facto de ter chegado até Bruxelas mais ainda, é de somenos e nem sequer deveria ter ido tão longe ao ponto de ser considerada um escândalo. Ninguém está aqui a apregoar ao Hitler, isso sim seria um escândalo. E não acho assim tão mau, e para isso é bom não se esquecer a história, ser-se intolerante quando se trata da defesa da ideologia nazi, o que não me parece ter sido o objectivo do MIÚDO quando usou a farda. Já o disse noutros lados, assim como alguém também já o disse aqui, e repito: gostava que da próxima vez ele escolhesse a farda do exército chinês, já para não falar no russo ou romeno… a ver se a reacção era a mesma.

    E, para acabar, como diz, e muito bem, o João Pereira Coutinho no Expresso, é o aproveitar de uma escolha infeliz do Harry numa tentativa dos alemães de apagar o passado horrendo da sua história, é o que é!

  • rititi says:

    Isa,
    Maior disparate nunca li. A sério, querida, vai defender a banalidade, a desculpabilizaçao e a exlataçao da maldade para o teu blogue.
    Aqui nao fazes falta.

  • toka says:

    TOTALMENTE DE ACUERDO
    SINO QUE ME DEJEN A MI SER HEREDERA YA VERAS COMO ME CUIDO DE SER CORRECTA , RESPETUOSA Y NO UNA BESTIA PARDA PAGADA POR LOS SUBDITOS INGLESES……!!!

  • toka says:

    TOTALMENTE DE ACUERDO
    SINO QUE ME DEJEN A MI SER HEREDERA YA VERAS COMO ME CUIDO DE SER CORRECTA , RESPETUOSA Y NO UNA BESTIA PARDA PAGADA POR LOS SUBDITOS INGLESES……!!!

  • Stephen King says:

    Isa, desculpa lá, mas essa argumentação é um disparate completo.
    Mas infelizmente, ouço-o demasiadas vezes. De quando em vez, quando alguém demonstra repúdio pelo nazismo, há alguém, normalmente mais chegado a uma certa mancha politico ideológica, que se apressa a relembrar o Stalinismo e os anos do grande terror, ou Pol Pot. Como se uma atrocidade pudesse ser minorada com outra, como se o reconhecimento de que Stalin foi um assassino lunático e responsável por milhões de mortos pudesse de alguma forma amenizar o horror nazi. Parece uma espécie desculpabilização dos maus da fita, porque existiram outros tão maus como eles. Como se as pessoas o ignorassem.
    Um herdeiro real tem responsabilidades.Especialmente quando o mundo, e a Europa em particular já anda tão inflamada com coisas complicadas como o ressurgimento de movimentos fascistas e neo-nazis,provando que muitas pessoas têm uma memória curta e uma falta de humanidade repugnante.
    Se ele aparecesse vestido de Pol Pot, a minha reacção seria a mesma, Isa. E ainda considero, nos dias que correm, a China como o pior regime político do mundo, por isso essa argumentação é, no mínimo, infeliz.

    Saudações a todos

  • fpm says:

    Xii, tanta ignorância… É mais que sabido que esta cena de brincar com as cruzes suásticas, fardas e outros símbolos nazis faz parte duma tradição britânica muito antiga. É uma espécie de exorcismo.
    O rapazito (parvito, claro, mas não por causa disto)foi, apenas´e neste caso, vítima da "sede" dos tablóides britânicos de "notícias choque". E, claro, foi logo tudo atrás da notícia exactamente com o mesmo intuito dos referidos tablóides – vender jornais e "picar" as feras que vivem à custa da desgraça alheia.
    Shame on you & get a life…

  • vieira do mar says:

    estas gajas (e gajos, já agora) que enchem as caixas de comentários com discursos pseudo-bonzinhos e desculpabilizantes, armadas em "queridinhas" a protectoras dos animais, numa permanente exaltação do politicamente correcto desprovido de qualquer inteligência critíca, são, na verdade, umas víboras ressabiadas e perigosas. Do pior, mesmo.

  • fpm says:

    Ai que mázinha, esta "vieira" de água e sal…

  • Leave a Reply to toka Cancel reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *