Este site foi concebido para ser visto num browser dentro dos limites da caducidade: infelizmente não é o caso do seu. Assim, a sua experiência de navegação será seriamente afectada. Sugerimos a instalação de um browser mais séc. XXI, se lhe for possível: http://www.mozilla.com/firefox . Mas qualquer outro serve.

Rititi

Rititi

INÍCIO

  • premio vai ao cu ti da semana fatima

    PRÉMIO VAI AO CU A TI* da semana:

    Fátima livre e candidata

    Nojo, muito nojo.

    O que significa Estado de Direito em Portugal? Que respeito merece a res publica? Nada. Mentira. Como se levanta o ânimo a um povo naturalmente deprimido e cada vez mais teso quando as instituições são gozadas e desacreditadas? Ah, pois é, o povo ama a Fátima.

    Cada vez falta menos para entregar o bilhete de identidade. Que vergonha de país.



    Por Rititi @ 2005/09/22 | 31 comentários »

  • bounty says:

    Assino por baixo!!

    Grande blog!!
    Grande Rititi!!

  • M says:

    Nojo mas de tudo: da Fátima, do País e do povo…

  • Bart Simpson says:

    palhaçada absoluta…
    envorgonha-me este país!!!

  • Isa says:

    Podes crer!

  • clô says:

    escrevermos, em bom português.

  • Victor Lazlo says:

    Não vale a pena ter pena das gentes de Felgueiras. Felgueiras rima com Oeiras e não é só no nome

  • bonifaceo says:

    E não menos escandaloso foi o facto de quando fugiu para o Brasil ter continuado a receber ordenado… não percebo, se era uma foragida da lei, se não estava no local de trabalho a exercer funções!!?? COMO É QUÉ É POSSÍVEL? Só mesmo cá e trabalhando num cargo político…

  • Rita says:

    Pois, pois, mas tu já conseguiste emigrar, o que já não é mau. Agora eu…olha, é a vergonha total. VERGONHA.

    Aquela vaca de merda… E aquela gente de merda… Merda, só merda.

    Victor: e rima com Gondomar e Marco de Canavezes… ão, ão, ão, corrupção!!!!! E à descarada, my friend, à descarada.

  • AnJo says:

    É só inveja.
    Lembrem-se do Salazar. Fado, Futebol e FÁTIMA.

    Gostava de emprenhar a filha dela e ficar com a custódia do puto.

  • Luna says:

    Acho muito mal falares mal do povo! O povo é que é puro e bom, e o coração é que fala. Se gosta de ser enganado, quem somos nós para criticar? É só snobismo isso contra a Fatinha, que é tão boa e uma grande mulher! 😉 😉 😉

  • princesinha urbana says:

    Quando vi nem quis acreditar, é de facto muito triste. Ainda por cima a tipa andava como se fosse a coisa mais normal do mundo e o povinha tarás dela quela mártir retornada. Triteza! É ela a espreitar os furos da lei e a mostrar a toda a gente que até gozz com isto…

    http://claudiarocha.blogspot.com

  • jc says:

    Olha, quando te dispuseres a entregar o BI (e, sobretudo, o cartão de contribuinte), avisa o pessoal… Talvez possamos fundar uma espécie de movimento por forma a concertarmos a acção. 😉

  • Portuga says:

    O que eu acho escandaloso é que seja possível a uma pessoa que tem um processo judicial em curso, sob suspeita de corrupção enquanto autarca, possa recandidatar-se como se nada se passasse. Especialmente tendo em conta que os processos judiciais contra candidatos ficam suspensos durante a campanha eleitoral. Mas isso não é o mais escandaloso. O mais escandaloso é que a Lei tem estas falhas clamorosas e não se houve ninguém (bem, ok, o Mendes falou do assunto, mas como se não estivesse também nas mãos dele alterar a situação) dizer que a Lei tem de ser alterada.

    Quanto ao povo de Felgueiras… Eu não percebo esta maneira de pensar de pessoas que quanto muito terão falado com a Fátinha duas vezes na vida deles e que só porque gostaram das cinco rotundas que a senhora lá fez, porque também se chama Felgueiras como a terra, passam a vê-la como se fosse a enviada de deusnossosenhor e livre de quaisquer pecados ou tentações. E que tenham falado com ela todos os dias nos últimos quinze anos. Sabem lá como é que ela conduz os negócios da Câmara entreportas. É não ter qualquer noção da sua própria ignorância.

    Como ressalva devo dizer que aceito o princípio de que as pessoas são inocentes até que seja possível provar o contrário e que como tal não a dou desde já como culpada. O senso comum já provou não ser infalível e acusações leva-as o vento.

  • Carlos Azevedo says:

    Não percebo por que motivo causa tão grande indignação a candidatura de Fátima Felgueiras à presidência da Câmara Municipal de Felgueiras. A candidatura autárquica é um direito que lhe assiste e a sua eleição, ou não, depende apenas da vontade dos felgueirenses. Se for eleita, é um dos preços a pagar por vivermos numa democracia. Mais: é de uma hipocrisia abissal salientar o caso de Fátima Felgueiras e esquecer os também candidatos autárquicos Isaltino Morais, Valentim Loureiro, Isabel Damasceno e Avelino Ferreira Torres. Aliás, as candidaturas de alguns dos nomes que referi, pela influência que os mesmos têm, parecem-me bem mais gravosas para o país do que a de Fátima Felgueiras.

  • Carlos Azevedo says:

    Rititi: para que não se faça uma interpretação errónea das minhas palavras, esclareço que a minha referência a uma "hipocrisia abissal" não é algo que dirijo a si, mas a todos os directores que escrevem editoriais próprios de virgens ofendidas. Claro que o caso é uma vergonha, mas não é uma vergonha maior do que as candidaturas que referi. É apenas mais mediático.

  • Portuga says:

    Bom, o povo até a pode escolher para Presidente da Câmara, mas se for considerada culpada dos crimes de que é acusada ficam com uma presidente presidiária.

  • pdasilva says:

    Que vulgaridade, Rititi!

    Engrossar o vozeirão dos hipócritas que por aí pululam às mãos cheias…

    Então a justiça não está a funcionar?

    De um ponto de vista formal, de direito, tudo indica que a decisão do Tribunal foi a justa.

    O resto são opiniões inflamadas de mais para poderem ser minimamente objectivas. Os portugueses no seu pior, de língua afiada.

    Sabe, Rititi, os incapazes, os capados que o poeta canta, são os que não têm a força interior que a Fátima Felgueiras demonstra!

    O país, que está de rastos, precisa de políticos como os que temos tido por aí aos montes?

    Ou precisa de gente determinada que, para fazer andar as coisas, não pode deixar de pisar o risco porque o labirinto legislativo português é ABSOLUTAMENTE kafkiano?

    Os que criticam Felgueiras nunca tiraram fotocópias para os filhos lá no emprego, como é o tipo de algumas acusações de que ela é alvo?

    O discurso de F. Felgueiras, note bem, não é populista. É bem equilibrado!

    Viu por aí alguém a reclamar pelo estabelecimento de um tempo de prisão preventiva decente, humano, europeu?

  • Portuga says:

    Bom, quem leia esse exemplo de acusação, tirar fotocópias para os filhos no emprego, até que de facto a senhora está a ser injustiçada. Se for extraterrestre e não souber ler, claro.

    Tirado do Público:
    – cinco crimes de participação económica em negócio
    – quatro de abuso de poderes
    – três crimes de prevaricação
    – dois de peculato
    – um de peculato sob a forma continuada
    – dois de peculato de uso, sob a forma continuada.

    E há lá mais coisas interessantes para ler. Vejam em http://www.publico.clix.pt/shownews.asp?id=1218395&idCanal=21.

    Portanto, até se pode vir a provar que coitadinha, foi acusada injustamente. Agora vir atirar areia para os olhos com essa das fotocópias é que não. A senhora é acusada de ter lesado a Câmara em 785 mil euros. São apenas 157 mil e tal contos, é certo, mas ainda é dinheiro.

  • Mister Sarapintola says:

    A senhora é Fátima e é de Felgueiras. Terá sempre tudo para ser Presidente da Câmara. Que mal tem? O povo quer, o povo tem! Mas entregar o BI só se for para me darem um novinho em folha.

  • L'enfant Terrible says:

    A mim o que me faz realmente impressão é aquela gente na rua, com a fotografia dela, tamanho-cartaz, na mão, obviamente ignorante do que se passa mas que está ali… porquê? Por uma questão de fé? Só pode! É que, se for por dinheiro, facilmente se descobriria e viraria o bico ao prego, especialmente com alguns "jornalistas" da nossa praça…

    Eu, ao menos, na minha ignorância, não apoio nem a condeno (em relação ao processo movido contra ela), apenas os seus actos dignos do melhor matador – esta é para ti, rititi 🙂 – que já alguma vez pisou una plaza de toros española.

    Como dizia um amigo meu de Sª Maria…. Chiiiiça!

  • liberdade says:

    o povo ama a Fatima, o Valentim, o Isaltino, os Furões, os Santanas , os socrates…ao menos fosse-mos como os italianos que amaram a cicciolina….pelo menos regalava os olhos dos que t~em pouco..

  • bonifaceo says:

    Realmente, essa das fotocópias foi de mais. Tem tudo a ver, realmente… ainda bem que alguém divulgou quanto ela roubou, sim roubou, se tirou roubou, peculato é apenas uma palavra cara para esses filhos da puta não parecerem gente vulgar. E dizer que tem direito a isto e aquilo, é dizer que a justiça está errada, não sei como ainda há gente, que, sem ser aqueles populares da terra dela, a andam por aí a defender.

  • João Caetano says:

    Bilhete de identidade? O que é isso?

  • Miguel says:

    Entregar o B. I. é baixar os braços e deixar impune futuras Fátimas, Isaltinos, Avelinos e outros menos mediáticos. Temos o direito à indignação e ao (poder?!) voto. Vamos voltar a conversar depois dos resultados das eleições? Como diz a minha filha: Combinado!

  • xylophóros says:

    Os que não souberam/sabem fazer a "coisa": Fátima Felgueiras, Isabel Adamasceno, Isaltino Morais, Avelino Ferreira Torres, Valentim Loureiro, José Luis Judas.
    Os que "a" souberam/sabem fazer: os que sobram.
    Diferênça entre uns e outros: nenhuma, apenas os 1ºs são mais… mediáticos, o que, nesta "res publica", nem será assim tão mau de todo – então não têm sido aquelas personagens as mais "pretendidas" por toda a imprensa cá do burgo?…

    Vale Azevedo, foi detido e constituido arguido há alguns anos atrás, por suspeitas de irregularidades na venda de um determinado jogador para outro clube. Segundo rezaram as crónicas, teriam "voado" 300 mil contos dos caminhos da Luz (não confundir com igrêja manã pois ali a luz é outra) para destino incerto – quem me dera voar para destino incerto!
    Esteve cerca de 4 anos e meio – incluindo ano e meio (o máximo) de prisão preventiva – na prisa (não confundir com a prisa espanhola onde também está a igrêja manã (irónico), que quer comprar a Tele Visão dos Istúpidos) e, no dia em que foi libertado, tinha cá fora à sua espera uma nova "remessa" de pêjotas que lhe deram voz de prisão novamente. Ficaram célebres os títulos da imprensa na altura: "os 16 segundos de liberdade do Dr. Vale e Azevedo".
    Diderênças entre este e os atrás – não das grades – citados: todas.
    Quem vê estes "artistas" da política e do desporto a pavonearem-se por aí, quais heróis de BD, com aquele sorriso pepsodente de vésperas de eleições, prontinhos para conquistarem cãmaras (não daquelas que servem para espreitar, era o que faltava! mas das outras, as que servem para esconder), ao mesmo tempo que a justiça(?) se justifica com argumentos que só ela própria entende, quem vê isto, dizia eu, não tem mais nada a fazer senão… copiá-los.
    É o que nos resta fazer: toca a roubar, a encher o saco (azul), a dar "luvas" aos construtores – trabalhar nas obras, com este inverno, é de meter dó -, a comprar quintas e, quem sabe, nos possamos candidatar às próximas autárquicas com apoio do nosso partido e, helas, da nossa justiça, que é muito boa pra estas coisas.
    Apetece-me dar uma valente farpa cada vez que vejo os Pintos da Costas, os Valentins, os Ferreira Torres, Os Isaltinos e Cª, armados em donos deste portugal de letra pequena, a botarem faladura, a apregoar moralidades, éticas e outras farturas. Cago pra eles todos. Punha-lhes um poio em cada mão. Fresquinho. Assim tivesse tanta vontade de cagar. Assim a merda chegasse pra todos.
    Não é o país que me faz impressão. Eles é que me metem nojo. Asco. Se possível e não fosse pedir muito, vomitava em cima deles e em quem estivesse debaixo das suas "saias".

    PS: o BI não. O chão que piso é o mesmo que Viriato já pisou. Foi por não entregar o BI que ele morreu. Eu não farei o mesmo dado que não tenho jeito para ser herói. Sei uma coisa: o "ser português" tem magia. Viriato e, mais tarde, aquele gajo que batia na mãe, sabiam disso.

  • PauloG says:

    Não enlouqueçam, isto é parte do folclore gerado pelas governações: um custo do progresso na província.
    A própria F.F. é uma marioneta, sem o saber e imaginando-se a Chefe E.M.G.F.Armadas do seu umbigo e arredores.
    Não desesperem, nada é eterno. A senhora vai ganhar um mandato ou dois, e daqui a umas quatro ou cinco gerações já ninguém sem lembra!
    Vá, sejam optimistas!

  • joeindian says:

    Vai ao meu blogue (haminisetremocos.blogspot.com) com um post sobre o mesmo assunto.Não me vou repetir, claro.
    Rozas la genialidad. Te adoro, corazón.

  • rititi says:

    Ai, Portugal, Portugal…
    Até me dói, mas claro, é melhor nao incomodar, nao é?
    Carlos, percebi logo! No worry!
    Joo, já fui ver, sim senhor.
    Claudia, o teu portugues está optimo, ehehe…
    Ai Estremoz, o que é a gente faz? Um clube recreativo?
    A todos, muito obrigada pelos comentários. Só nao respondo porque sou uma baldas!
    Victor, Victor…

  • Leave a Reply to PauloG Cancel reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *