Este site foi concebido para ser visto num browser dentro dos limites da caducidade: infelizmente não é o caso do seu. Assim, a sua experiência de navegação será seriamente afectada. Sugerimos a instalação de um browser mais séc. XXI, se lhe for possível: http://www.mozilla.com/firefox . Mas qualquer outro serve.

Rititi

Rititi

INÍCIO

  • rititi educa o povao antonio damasio

    RITITI EDUCA O POVÃO

    António Damásio, Prémio Príncipe de Astúrias de Investigación Científica y Técnica 2005

    “Sus estudios han revelado qué áreas cerebrales ejercen una decisiva influencia en la conducta humana, particularmente en los procesos de emoción y elaboración de los sentimientos, así como un mejor entendimiento de las bases cerebrales del lenguaje y la memoria. Sus logros científicos están contribuyendo, asimismo, a la lucha contra enfermedades que, por su gravedad y extensión, tanto preocupan a la Humanidad, como el Parkinson y el Alzheimer”. Acta del Jurado del Premio Príncipe de Asturias de Investigación Científica y Técnica 2005

    No meu país os jornais falam hoje da volta triunfal de D. Cavaco, o novo Sebastião dos descrentes do orçamento, o que não se resigna, o político profissional que come com a boca aberta, a esperança da direita. No meu país os jornais dedicam páginas, colunas intermináveis à banca, editoriais sisudos e concentrados nos capitais branqueados, à caução do Cristiano Ronaldo e ao aborto como dogma de fé que ninguém se atreve a concretizar. No meu país, hoje, os frangos constipados e os furacões que arrasam as férias de vinte portugueses em Cancun preocupam as mentes dos editores e mais uma vez as crianças mortas pela negligência do Estado e dos vizinhos, as greves dos funcionários e o poder local são notícia.
    No meu país onde a queixa é arte e nunca há dinheiro, onde as desgraças sociais e o futebol têm a mesma categoria mediática, no meu país que dignifica e publicita Mourinhos e palhaços que brincam aos soldados, ninguém se lembrou que hoje António Damásio recebe o Prémio Príncipe de Astúrias. Não deve ser importante.



    Por Rititi @ 2005/10/21 | 8 comentários »

  • seu_misha says:

    POVÃO EDUCA RITITI ( sem ressaviar )

    Desde de ontem cedo que os telejornais Canal1/SIC noticias e RTPN, bem como algumas rádios, fazem reportagens de destaque aos 2 prémios atribuidos( António Damásio e Inst. Camões ), entrevistas inclusivé.
    Afinal de Espanha sopram ventos de bonança … Só mesmo um Português aproveita um factor positivo para mandar umas farpas para o ar … triste fado o nosso.

  • mizuno says:

    Pois é, são os novos emigras… Fica por aí, rititi…

  • bonifaceo says:

    Pronto, pelos vistos alguns canais televisivos falaram dos galardoados portugueses. E andei a ver, jornais on-line também noticiaram, é pena é se calhar não aparecer como capa em nenhum, já se sabe que a política domina, mas isso é em qualquer país… infelizmente. E é pena se realçar outra coisas com menos interesse.

  • hobbes78 says:

    Já que estamos numa de críticas à Rititi, digo que achei estranho ela não ter criticado a abertura do deslumbrante Palau de les Arts em Valência em contraste com a Casa da Música no Porto. Ou por outras palavras, como ser genial em contraste com como ser medíocre.

  • sexlibris says:

    O povão anda irritado! E já quer pôr regras e mandar sobre o que a Rititi deve ou não escrever! Vamos ter um novo 25 de Abril, a julgar pelo expedito arregaçar de mangas nestes últimos comentários!
    Bem, só me resta juntar-me a eles e sugerir (mandar!) à Rititi que mande uma granada gordinha para o Blog! Isto já tem vida própria, já é um pequeno mundo, com toda a variedade que nele há, a boa e… a má.
    Assistiremos à vontade destes pequenos tiranos em bicos de pés?
    Na menos bárbara das hipóteses, imagino a Rititi a montar um referendo, ou mesmo votações à séria para decidir o destino do Blog.
    Sorry, acabei por exagerar, mas – tal como o povão – não tinha nada melhor que fazer ao tempo.
    Já que andamos com o espírito levantado para as revoluções, aqui vai repto: ROSA CUECA AO PODER!

  • Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *