Este site foi concebido para ser visto num browser dentro dos limites da caducidade: infelizmente não é o caso do seu. Assim, a sua experiência de navegação será seriamente afectada. Sugerimos a instalação de um browser mais séc. XXI, se lhe for possível: http://www.mozilla.com/firefox . Mas qualquer outro serve.

Rititi

Rititi

INÍCIO

  • semana do odio de estimacao ou o apogeu

    A SEMANA DO ÓDIO DE ESTIMAÇÃO
    (Ou o apogeu de esquizofrenia rititiniana)

    Ódio: aversão; raiva; rancor profundo; antipatia; repulsão; horror.
    Estimação: estima; apreço por uma coisa, independentemente do seu valor.

    ÓDIOS DE ESTIMAÇÃO DA MÚSICA

    – Prefab Sprout. O Top One dos Ódios de Estimação. São sinónimo de náuseas, comichões e urticárias auditivas.
    – Status Quo e o uerever you uant, tiriro, tori.
    – Coldplay.
    – Gente que canta em Las Vegas (excepto Frank Sinatra).
    – Gloria Stefan.
    – Aquela gaja que cantava, ie, ie, God is Good. Até me dão arrepios.
    – Divos e outras versões “simpáticas” da música clássica.
    – Música Country, a figura recauchutada da Dolly Parton, as botas de cowboy e as camisas de quadrados. Cheira a merda.
    – Olav Bilac, Luís Represas, Miguel Ângelo e esse asco chamado Rio Grande.
    – João Pedro Pais. Este ódio vale 20 pontos.
    – Mísia e o fado pós-moderno.
    – A Zarzuela e La Verbena de La Paloma.
    – Musicais de Broadway adaptados ao castelhano. Menção especial para Paloma San Basílio.
    – La Oreja de Van Gogh, El Sueño de Morfeo e todos os grupos com meninas afinadas e queriduchas.
    – Cantores argentinos em geral.



    Por Rititi @ 2005/11/14 | 14 comentários »

  • J P Diniz says:

    cantores argentinos em geral ? isso só pode ser desinformação. Um homem como o Roberto "Polaco" Goyeneche a cantar "En esta tarde gris " ??????

  • sexlibris says:

    Vamos a leilão, eu dou mais 20 pontos pelo ódio que gera o João Pedro Pais (parem-me, eu poderia continuar aqui a licitar sem freio…). Pudera, alguém assim parecido com o Sylvester Stallone, de guitarra apontada qual vomitadora de balas, nunca poderia ser alguém talentoso.
    Quanto aos Status Quo, subscrevo o ódio, embora já tenha querido muito amputar o raio do my right foot, que – indisciplinadamente – teima em bater ao ritmo da musiqueta que a Rita menciona. Raios partam o meu pé.
    É por culpa de pés como o meu que há tanta má música, e tantos maus "artistas" a viverem à custa dela. Peço desculpa pelo meu pé. Levemos os nossos pés a julgamento, tenhamos a coragem de o fazer, claro, a bem da humanidade.

  • Isa says:

    reintero ódio de morte à música, ele é que lhe chama assim, eu n, do JPPais…

  • Carlos Azevedo says:

    É uma boa escolha. Pessoalmente, apenas retirava a Mísia.

  • rititi says:

    Chalabi, querido, os ódios de estimação não reparam na genialidade do ser em questão. A mim, os cantores argentinos, no sé tío, me agobian.
    Sex Libris, eheheh, é o pé, é.
    Isa, o Jão Pedro Pai não tem culpa, mas que é muito chato o gajo, é.
    Carlos, ai gostas da Misia???
    Um beijo

  • sexlibris says:

    O meu alter-ego (metade do bicho que reclama igual tamanho de propriedade sobre o meu pé direito… também sobre o esquerdo, mas, para quem se desajeita a dançar, mais vale imaginar que se tem apenas um pé: o direito!, e abstair-se o suficiente do traidor do equilíbrio) saiu-se com esta
    exclamação:
    – Raios party o pé.
    Com efeito, há artes demoníacas bem executadas nas obras-primas do Emanuel, o responsável por
    insónias na Nova Zelândia, ao motivar um efeito de batimento de pé sem igual por estas coordenadas.
    Um efeito de rave onde até as donzelas com dentição original têm de molestar o solo com a intensidade de bisonte com que os seus papás o molestam.
    O Emanuel é a mais bem adiantada personagem – neste país – para criar um culto e dele ser
    o messias, o messias do culto party-bate-a-plama-do-pé-contra-o-chão-e-imagina-que-tens-tachos-nas-mãos-e-estás-na-banda-do-vangelis-na-apoteose-guterrista.
    Não há igual. É impossível – filosoficamente – clonar o Emanuel.
    Que ninguém se atreva a aqui atacar este semideus. Porquê?
    Porque esse homem (Sampaio, posso acrescentar-lhe Sir, que depois vossa excelência se ocupa das formalidades encomiásticas?), Sir Emanuel, controla todos os pés. Por isso, atentem, não vos meteis com o meu pé… o meu party pé.

  • O Blog da Balta,Bá! says:

    O João Pedro Pais, para além de ser mau cantor, é burro que nem uma porta! Eu dava-lhe 30 pontos de ódio!

  • Jonas says:

    Que ódios de estimação tão comezinhos!!! Pensava que alguém como a Rititi, que sinceramente não sei como será, tivesse uns ódios mais interessantes. Mois odiantes. Como é possível viver assim com estes peluches tão inofensivos Rititi?! Vá lá que ainda dou algum valor ao ódio de estimação ao Represas (embora me pareça que já não auqece nem arrefece) e à Mísia. Mulher estranha que apareceu por cá depois de no país onde andava não ter sido capaz de vingar. Vai daí pôs-se na marquise a cantarolar. Sitio de onde ainda não saíu…
    Ódios felizes.
    Jonas

  • bonifaceo says:

    Também não posso com a voz do gajo dos Cold Play, aquilo é voz de gajo? Eu que até sou respeitador dos outros géneros musicais que não o meu. A Mísia também me parece um pouco estranha, os outros artistas pop mencionados passam-me um pouco ao lado, não me parecem dos piores…
    Esse fado pós-moderno é o mesmo que novo-fado? (Onde está incluído o Camané e a Mariza.)
    Os 4 últimos "traços" é que passam mesmo ao lado.

  • hobbes78 says:

    E La Gasolina? E Crazy Frog?

  • J P Diniz says:

    A partir de agora,quando ouvir cantores argentinos vou lembrar-me de ti . Eu também cultivo ódios de estimação , irracionais , alguns gratuitos outros não . Por exemplo,odeio a palavra "párrafo" que considero uma das mais feias do mundo das palavras …

  • bonifaceo says:

    A gaja que canta La gasolina também tem uma voz que me mete nojo e o Crazy frog é detestável… nem sei como aquilo vende tanto…

  • Rui Pelejão says:

    Eu cá já não tenho ódios de estimação. A minha namorada é alérgica aos pêlos. Agora só tenho peixinhos de aquário.

  • filinto says:

    Prefab Sprout, além de quase tudo o retso, é um ódio de vinte anos… já nem me lembrava. Coisa horrível

  • Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *