Este site foi concebido para ser visto num browser dentro dos limites da caducidade: infelizmente não é o caso do seu. Assim, a sua experiência de navegação será seriamente afectada. Sugerimos a instalação de um browser mais séc. XXI, se lhe for possível: http://www.mozilla.com/firefox . Mas qualquer outro serve.

Rititi

Rititi

INÍCIO

  • querido blogue curioso como so certa

    Querido Blogue,

    Curioso como só certa esquerda tem coração. Um coração higénico e sem fumos, sem colesterol, sem gorduras, banhado na lixívia do politicamente correcto. Curioso também como o sensível coração desta certa esquerda (porque nem toda a esquerda pode viver como a direita que tanto abomina) só reage quando determinadas imagens de pedaços humanos dão a volta ao mundo e ao estômago inquietando o quotidiano dos saldos, das esplanadas, do Verão, das sandálias, dos after-sun, da monótona vida da classe média com sentimentos que depende dos líderes da opinião televisiva para se indignar pelos meninos desmembrados que se amontoam nos depósitos. Afinal, há crianças mais vítimas que outras, mortos mais fotogénicos que outros, cadáveres que são alvos civis, inocentes e sem culpa, enquanto outros não passam de consequências da insatisfação, da frustação e da injustiça mundial. Que pena. Curioso como certa esquerda não convoca manifestações contra o extermínio nos campos de refugiados no Sudão. Nem contra a guerra de Angola. Nem contra o 11-J na Índia. Nem contra os bairros de lata, a pedofilia, a venda de armas, as mulheres maltratadas, os cães abandonados, os homens infelizes e gentes mal-fodidas. Curioso como certa esquerda, viajada, de ouvido crescido e com roupa fabricada no terceiro mundo, continua na senda do anti-semitismo, agarrada ao quadro de um Judas responsável pela morte de Cristo na cruz e a Peste Negra. Curioso esta esquerda chega ao Poder e se fotografa com o lencinho palestiniano e condena Israel, o filho do Grande Satã, como responsável pelos males de Oriente Médio numa demonstração de estupidez absoluta, ignorância e sentido de Estado. Curioso como Zapatero é presidente de um governo cada vez mais reaccionário, perigoso e sem noção que o mundo, o meu, está em perigo, ameaçado por grupos de assassinos organizados que pretendem reconquistar Córdoba, Toledo e Zaragoza em nome de uma noção machista, intolerante, analfabeta e medieval da religião. Curioso que este ZP, joker e bambi, lhes abra as portas só porque odeiam os Estado Unidos. No mínimo curioso.



    Por Rititi @ 2006/07/28 | 13 comentários »


    ai eme baque parece que ja fazia ca

    AI ÉME BAQUE

    Parece que já fazia cá falta.



    Por Rititi @ 2006/07/26 | 8 comentários »


    outros dialogos possiveis primeiro dia

    OUTROS DIÁLOGOS POSSÍVEIS – Primeiro dia de praia

    Tito: Olha a Rititiiiiiiiiiii!!!!
    Piraña: Anda nadar cagente pá praia!!!
    Javi: És mais gira que a Beaaaaaa!!!!!
    Pancho: Óuolha, senta-te aqui que eu já te assobio!
    Quique: Não queres brincar com o meu Chanquete????

    Rititi novamente de férias, depilada e correndo alegremente em biquíni pela praia, ou que difícil é ser assim tão boa logo de manhã. Coisas, pá, só ralações.

    Queridos todos, olha queste blogue está de férias. Do meu retiro estival tentarei estabelecer contacto e ir dando notícias (ahahhahahahahhahahahah…. no me lo creo ni yo!!!)



    Por Rititi @ 2006/07/11 | 6 comentários »


    premio vai ao cu ti do mes greve dos

    PRÉMIO VAI AO CU A TI DO MÊS: A GREVE DOS PILOTOS DA IBERIA
    (ESSES CAMIONISTAS QUE SE ACHAM O TOM CRUISE)

    Según el sindicato de pilotos en su propuesta “simplemente solicita a la aerolínea una garantía seria del mantenimiento de los puestos de trabajo de los pilotos de Iberia, sin exigir la inclusión de ninguna garantía económica”.

    Todos os anos a mesma história: os pilotos, essa classe passiva com ar de chulo-putas mascarados com fato de primeira comunhão, embirram com as condições escravizantes nas que se vêm obrigados a trabalhar (ver a miséria de ordenado aqui), fazem beicinho e declaram greve. Uhmmm, xacavére, acho que o ar condicionado está muito alto. Jástá: não trabalho. Em Julho. Ou em Agosto. Nunca em Fevereiro, de terça a quinta, ou em Outubro, pela altura dos anos da minha sogra. Não. Invariavelmente e por um estranho acaso do destino chega o Verão e, pimba, esta chusma de barreirenses que acha que vivem no Top Gun, reflecte sobre as putadas da vida laboral, os direitos adquiridos e as pérfidas maldades da sua entidade patronal (que por acaso é o Estado, ou seja EU) e cruza os braços numa atitude de virgem ofendida pelas brutalidades do quotidiano empresarial. E precisamente numa altura em que o resto da humanidade goza dos escassos dias para esticar o pernil e descansar das reuniões, dos colegas, do autocarro, da bicha da portagem, das conversas de merda, das conference-calls, das folhas de excell, dos almoços oleosos, da conta de resultados, dos objetivos trimestrais, da evolução dos mercados e da puta da obrigação de trabalhar para comer. Precisamente quando o cidadão deve gozar de um descanso que a maioria das vezes e por contrato laboral só se pode disfrutar no Verão. Descanso que estes filhos da puta (hoje da Iberia, amanhã da TAP, qué más da) condicionam todos os anos, repito, todos os anos, ao cumprimento de estúpidas exigências, mimos e caprichos de filhos únicos que se acham que são, esses parolos a quem ninguém deu uma palmada no rabo a tempo e que agora infernizam os utentes com más-criações irritantes. Este ano param durante sete dias numa greve que afectará a 200.000 pessoas, viajantes e turistas em geral: porque para estes parasitas o Estado (eu) é uma puta, sempre disponível de pernas e cofres abertos. Porque pretendem que o Estado (eu) lhes garanta o posto de trabalho até os 65 anos através de um aval bancário que eles poderão executar quando bem lhes dê na gana. Porque ninguém tem os tomates de os mandar para a puta que os pariu e, já agora, para olho da rua, adeus e um queijo, e contratar profissionais igualmente ou melhor qualificados, mais novos e sem a arrogância destas bestas que só por usar boné e ter a carta de aviação se pensam espécie única, uns privilegiados e no cume da sociedade. Quando não passam de uns reles camionistas, uns condutores da carris com asas e muito pouca vergonha na cara.



    Por Rititi @ 2006/07/10 | 5 comentários »


    querido blogue ha uma mulher inteira


    Querido Blogue,

    Há uma mulher inteira, cheia de corpo e alma, uma mulher que caminha sem olhar para o chão, como se os buracos da vida não importassem para as pisadas que dá. Anda esta mulher para chegar ao futuro, deixando mortos, penas e saudades no passado que causam rugas e quilos que não lhe custam carregar porque são só dela, únicos e cheios de ontem necessário para ter memória e vergonha na cara. Há uma mulher que não teme a noite, e as manhãs frias são para encher a casa de flores e tachos, cheiros da família que nunca falta apesar de viver longe. Há uma mulher feliz de se ter enganado muitas vezes e orgulhosa dos laços criados com os filhos dos outros, mulher de amor para sempre e telefonemas à primeira hora, generosa, autêntica e imensa nos afectos, lágrimas e gargalhadas. Há uma mulher incansável, dona de todas as forças, superada e insuperável, presente e sempre amanhã, completa e forte para os todos os amores que foi enterrando. E regando, porque na vida desta mulher os cadáveres contam tanto como os vivos. Quem passou penas e fome, medo e viuvez sabe do que falo, da caverna de desespero à qual só se sobrevive com a fé absoluta posta nos nossos, fé que tudo salva, que tudo cura, que tudo alimenta. Fé nos que são da nossa carne, dos nossos ossos, cartilagens da nossa história, intestinos e vísceras do corpo de afectos ao que pertencemos. Para esta mulher Deus só existe quando os mortos continuam sentados no sofá de casa, lanchando e vendo na televisão como os anos vão ganhando cores e pó as fotografias.
    Não é toda a gente que pode ter uma Mãe como ela e, a verdade, nem todos merecem um exemplo assim, um abraço de longe, um beijo a quatrocentos quilómetros. Um amor para sempre. Obrigada.



    Por Rititi @ 2006/07/04 | 11 comentários »


    tan tararan tantan tararan muitos

    Tan, tararan, tantan, tararan

    Muitos parabéns à ARTE DA FUGA pelos 2 anos de vida musical (e não só)

    Um beijo grande ao Adolfo e ao meu querido António, gente antes de blogger!



    Por Rititi @ 2006/07/04 | 1 Comentário »