Este site foi concebido para ser visto num browser dentro dos limites da caducidade: infelizmente não é o caso do seu. Assim, a sua experiência de navegação será seriamente afectada. Sugerimos a instalação de um browser mais séc. XXI, se lhe for possível: http://www.mozilla.com/firefox . Mas qualquer outro serve.

Rititi

Rititi

INÍCIO

  • bem me parecia que ja tinha escrito

    Bem me parecia que já tinha escrito sobre os cursos de formação

    To VIP or not to VIP (lá por 2005)

    Durante a segunda semana de Janeiro a capital do Reino das Espanhas recebeu os melhores cozinheiros do Mundo para que, numa coisa chamada Madrid-Fusion, os Grandes da Cozinha Desconstruída ensinassem o povão a fazer maravilhas com a varinha mágica. Hidrogénio líquido, canapés de sushi banhado em bacon caramelizado e caviar de melão, eis as propostas dos génios da comida pós-moderna para reconfortar os estômagos neste gélido Inverno polar. Por seiscentos euros o público teve direito a ser insultado por reutilizar o óleo das batatas, os donos dos restaurantes foram tratados como sopeiras por não decorarem os pratos conforme as novas leis da estética gastronómica e a plebe em geral babou-se pelas iguarias que os Mestres Masculinos das Panelas cozinharam em cima do cenário.
    Mas tenho a dizer que não pus lá os pés, fiquei-me por casa. Também não compareci à concorrida Festa da Sidra que o Javier deu em minha honra para comemorar a minha fabulosa entrada na trintena. Adeus às armas e aos copos de plástico. Porque agora sou uma mulher nova, uma Fénix renascida das cinzas dos meus cigarros, um milagre da ciência e dos cursos de auto-ajuda. Finalmente posso garantir que me transformei no que sempre sonhei ser: Xena, a Princesa do conhecimento interior!
    Claro que para chegar a esta nova etapa de férreo autocontrolo metafísico contei com a ajuda inestimável do Departamento de Recursos Humanos da minha empresa. Os funcionários dos Recursos Humanos são como o padrinho abastado que nunca tive, como a tia-avó do Brasil que faz de mim a herdeira de dois prédios restaurados e sem inquilinos na Lapa. Ralam-se de tal maneira pela minha realização pessoal, para que nada me falte no meu caminho para o êxito, que não só me negam uma subida no ordenado (com o intuito de que não o desperdice em banalidades como comprar uma casa ou beber uísque de quinze anos – ninharias, enfim…), como me inscrevem em todos os cursos de formação que aparecem no mercado. No espaço de um ano melhorei o meu inglês (finalmente falo-o tão bem como jura o meu Curriculum Vitae); decifrei os obscuros e misteriosos segredos que encerram as fórmulas de Excel; acedi ao fascinante mundo das Bases de Dados; e compreendi, depois de tantos anos, quem diria, o significado de dogmas de fé como benchmark, cost-to-income, I+D, e como estar overweight sem pesar cem quilos.
    Mas a verdadeira razão desta minha metamorfose de Peter Pan em Mary Poppins deve-se à maior invenção desde os tempos em que os romanos decidiram passar as leis civis a escrito: a derradeira Acção de Formação para o Desenvolvimento Humano. O último grito no mundo dos cursos para motivar executivos que têm medo de triunfar: porque as pessoas não sabem, mas no fundo ninguém quer ter sucesso profissional. Graças a estas magníficas sessões com direito a formador cativante, top senior e que me tratou como a uma camarada na luta contra a preguiça, fiquei a saber que a minha vida não tinha sentido.
    Andava perdida, desperdiçando os anos moços e saudáveis que Deus me deu na procura inútil da Felicidade e da Diversão. Horas de produtividade foram esbanjadas nos bares de Madrid e na cama com o meu marido, por achar que a vida era para ser gozada. Ignorava que os seres humanos estamos destinados a ganhar dinheiro para ter êxito, para que falem de nós e para influenciar. Para ter Poder. Mas claro, não tinha permitido que a minha Vontade Interior Positiva se revelasse livremente, a VIP, essa força mágica que nos faz esquecer o ócio e nos empurra para as delícias do trabalho sacrificado. Deslumbrada, jurei nunca mais me desviar dos passos da VIP, e agora os meus dias são passados no gratificador mundo da labuta árdua e da ocultação da euforia.
    Confesso que a imagem do formador cativante e top senior a passear cheio de vitalidade pelo estrado de microfone na mão e a exortar os executivos assistentes a libertar a VIP oculta de cada um, era bastante parecida à dos escritores de livros de auto-ajuda que aparecem nos filmes americanos. O top senior comportava-se como um guru da guerra anti-tabaco; como se fosse o exaltado Presidente da Associação pela Castidade e Pureza. Os lemas, os de sempre: «Tu és o teu pior inimigo», «A força vem de dentro», bla, bla, bla. Só que a nova versão ao estilo psicologia Arlequim da fórmula socrática «Conhece-te a ti mesmo» apenas serve se o fim da peregrinação interior for o Sucesso e um carro da empresa.
    Sendo sincera, ando a pensar em abandonar minha Vontade Interior Positiva, esquecer as palestras do persuasivo formador top senior e dedicar-me ao que mais prazer me dá: Viver. Porque a mim a máscara da executiva-agressiva que trabalha doze horas ao dia e que controla os instintos naturais graças a um estrito conhecimento introspectivo não me assenta bem. Falta-me sobriedade, por muito que os livros de auto-ajuda, os gurus da Felicidade de Plástico, os sermões de telepredicadores e os vendedores do Desenvolvimento Interior digam o contrário. E porque como diz o sábio escritor espanhol José Luis Sampedro «nadie me amarga a mí el placer de vivir. Esos señores de negro no me van a fastidiar». Tem 87 anos e da vida deve perceber alguma coisa.



    Por Rititi @ 2007/09/24 | 4 comentários »

  • l says:

    lindo.

  • Vasco says:

    Olá Rita,
    desculpe não me referir aos cursos de formação.
    Estou muito surpreso de nesta 2ª Fª em especial não fazer qualquer comentário ao que ontem Dom. se passou em Barcelona – a despedida!
    Um "faenão" que, estando em Orense, tive oportunidade de ver na TVE1.
    Heróico.

  • hey says:

    That is really fascinating, You’re an excessively professional blogger. I have joined your feed and stay up for seeking extra of your fantastic post. Additionally, I have shared your site in my social networks|

  • Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *

    *

    You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>