Este site foi concebido para ser visto num browser dentro dos limites da caducidade: infelizmente não é o caso do seu. Assim, a sua experiência de navegação será seriamente afectada. Sugerimos a instalação de um browser mais séc. XXI, se lhe for possível: http://www.mozilla.com/firefox . Mas qualquer outro serve.

Rititi

Rititi

INÍCIO

  • voltei madrid

    Voltei a Madrid.
    Depois do Natal em Espinho, bacalhau cozido, passagem por Lisboa, capital às escuras, esburacada, capital de casas frias, húmidas, sem aquecimento porque a luz está cara e não há para isolamento nas janelas, capital do comércio tradicional à beira da extinção sempre por culpa do governo que não proíbe as grandes superfícies, capital deprimente de um país de deprimidos. Sim, Portugal é um país afogado numa depressão da que não se quer curar, numa depressão que curte e da que se orgulha. Olhei durante uma semana para a televisão do meu país e vi programas para o povo apresentados por mamalhudas analfabetas especializadas em entrevistar famílias de desdentados que se queixam de casas a cair de podres, telejornais feitos de entrevistas de rua a um povão que se queixa da subida do euribor, comentaristas políticos que se queixam da crise do BCP, o líder da oposição que se queixa porque não pode controlar a Caixa Geral de Depósitos. A queixa é líder de audiências na televisão portuguesa.
    E que faz o Governo na quadra natalícia com o povo neste estado? Brindá-lo com mensagens de esperança? Não, fecha serviços de urgências no interior abandonado do país na véspera de Natal, manda cartas de penhora de contas, proibe fumar, ameaça com a ASAE (notazinha mental – não me fodam pá: enquanto toda a Europa premia o produto artesanal e manda levar no cu os burocratas de Bruxelas, neste meu país gerido por atrasados mentais penalizam-se os métodos tradicionais e os meios de subsistência centenários), deixa que as iluminações natalícias de Lisboa sejam patrocinadas pelo Santander. E avisa que a coisa só vai melhorar graças ao esforço do Governo. No discurso natalício do Primeiro Ministro não se ouve uma palavra de agradecimento pelo sacrifício das economias familiares, uma voz de ânimo, força, estamos quase lá! Que arrogante, este pequeno Sócrates que se pensa o fazedor de tratados só porque consta no título o nome de Lisboa, só porque se abraça ao namorado da Carla Bruni, só porque trata por tu o Zapatero.
    Sim, voltei a Madrid, fugida de uma Lisboa que sempre amei e que agora me dá urticárias. Não posso com tanta queixa feita cancro de nós, não posso com este rame-rame obrigatório, com este modo de viver que recompensa a lamúria. Tenho pena e queria desejar-vos Bom Ano, que sejais felizes, mas só se me ocorre pedir-vos para desligar a televisão. Saiam à rua, encham os bares, obriguem os donos dos restaurantes a ligarem o aquecimento, iluminem as ruas de Lisboa com as luzes das vossas árvores de Natal, fujam dos centros comerciais e levem os vossos filhos aos jardins, namorem nos bancos dos parques e esqueçam que somos uma campanha publicitária chamada a Costa Oeste de Europa. Somos um país de gente pouco alegre, bem sei, mas também não merecemos estar sempre a levar nos cornos, caralho.


    Por Rititi @ 2007/12/30 | 20 comentários »


    enfardando ovos moles de aveiro o

    ENFARDANDO


    ovos moles de Aveiro

    O Blogue, a autora, a família Barata Silvério e até Mr Pinheiro encontram-se em estado de clandestinidade total: sobre a mesa da sala, queijo artesanal da Serra da Estrela (ilegal), sericaia de Elvas e ameixas rainha cláudia (ilegal), rabanadas de leite (ilegal), ovos moles de Aveiro (ilegal). Para o próximo Natal, ou passamos a consoada a dieta gay, light e higienicamente embalada e pasteurizada ou então estamos todos na prisa com os inspectores da ASAE. Controladinhos e bem asseados, isso é que é importante.


    Por Rititi @ 2007/12/25 | 5 comentários »


    premios rosa cueca 2007 machos ca da

    PRÉMIOS ROSA-CUECA 2007: MACHOS CÁ DA CASA

    - Francisco José Viegas, um clássico rosa-cueca, um romancista dos mundos que já não interessam aos jornais da gente séria, leitura diária e o único jornalista português com eles no sítio. Me likes.
    - Maradona, porque nunca me ligou uma merda e isto dá-me uma certa pica.
    - Paulo Pinto Mascarenhas, o mais querido de todos os directores de todas as revistas de todo o Portugal.
    - O meu reaccionário favorito Rodrigo Moita de Deus. Básicamente porque gosta de ir ao Snob.
    - Edmundo Tavares pelo seu precioso Soy un Perro Callejero. Também agradeço os Chunguitos.
    - Rui Pelejão e Nuno Vargas. Porque são meus amigos. Até podiam não ter escrito nada no ano todo. Ah, e o chato do Marmelo, que passa o dia a mudar de blogue.
    - João Villalobos, mas só se me escolher como a boazuda das sextas-feiras. Entretanto, fico-me com o Pedro Correia.
    - Todo blogger que demonstrar publicamente e com fotografia autenticada por notario que tem o mesmo fim calça que o Javier Bardem.


    Por Rititi @ 2007/12/20 | 4 comentários »


    proximamente

    PROXIMAMENTE…


    … Prémios Rosa-Cueca 2007



    Por Rititi @ 2007/12/19 | 3 comentários »


    que facua feche o vaticano calendario

    QUE A FACUA FECHE O VATICANO!!!

    Calendário Romano 2008, uma campanha publicitária sexista…

    … que atenta contra a dignidade dos homens trabalhadores em geral e de Deus em particular…

    … apresentando imagens estereotipadas e degradantes destes profissionais contra as que levam anos lutando.

    Pelas minhas partes, candidato-me para defender os interesses, as honras e os segredos guardados debaixo das sotainas destes pobres trabalhabores humilhados pelos pérfidos interesses sexuais do Vaticano. Tudo pela glória do Senhor e só porque é Domingo. Amén.


    Por Rititi @ 2007/12/16 | 9 comentários »


    acojona el panorama

    ACOJONA EL PANORAMA….

    You see, according to Cocteau’s plan I’m the enemy, ’cause I like to think; I like to read. I’m into freedom of speech and freedom of choice. I’m the kind of guy likes to sit in a greasy spoon and wonder – “Gee, should I have the T-bone steak or the jumbo rack of barbecued ribs with the side order of gravy fries?” I WANT high cholesterol. I wanna eat bacon and butter and BUCKETS of cheese, okay? I want to smoke Cuban cigar the size of Cincinnati in the non-smoking section. I want to run through the streets naked with green Jell-o all over my body reading Playboy magazine. Why? Because I suddenly might feel the need to, okay, pal?
    I’ve SEEN the future. Do you know what it is? It’s a 47-year-old virgin sitting around in his beige pajamas, drinking a banana-broccoli shake, singing “I’m an Oscar Meyer Wiener”.


    (Edgar Friendly, in Demolition Man)



    Por Rititi @ 2007/12/16 | Sem comentários »


    rititi um blogue sexista isabeli

    RITITI, UM BLOGUE SEXISTA


    (Isabeli Fontana para H&M lingerie)

    que mima os seus leitores masculinos



    Por Rititi @ 2007/12/12 | 4 comentários »


    premio vai ao cu ti tenham cuidado com

    PREMIO VAI AO CU A TI:
    TENHAM CUIDADO COM OS AMIGOS DAS MULHERES

    A associação ‘FACUA -Consumidores en Acción’ denunciou hoje a Ryanair por utilizar a suas trabalhadoras como reclames sexuais num calendário. A FACUA acha que, no mínimo, as trabalhadoras são umas escravas sexuais e devem ser resgatadas das garras opressoras do macho capitalista, o Instituto da Mulher pensa que as imagens são degradantes para a sensibilidade do grelo, os meios de comunicação progressistas e modernos condenam a humilhação a que todas as mulheres estamos expostas. De nada serve que o calendário em questão tenha sido uma iniciativa com fins benéficos das hospedeiras que até se acham boazudas e nem se importam de mostrar a coxa e que na companhia ninguém esteja ofendido. Que se fodam todos. Eles, os amigos das mulheres, é que sabem o que é bom para nós, estúpidos seres indefesos e sem critério. A sério, já não há cu para tanto machismo encapotado de boas intenções, para o discurso sexista que nos trata como anormais, para este constante ataque à nossa inteligência só porque mostramos o decote sem pedir autorização aos padrecas de esquerda. Com licença para os ouvidos mais sensíveis: olha, ó FACUA, vai ao cu a ti.


    Por Rititi @ 2007/12/11 | 10 comentários »


    querido blogue leio pelas revistas da

    Querido Blogue,

    Leio pelas revistas da pós-modernidade que o Natal é uma bosta. Parece que é fino desprezar por pouco ecológico o festival de luzes do centro, que enjoar o calor da família em volta de uma mesa cheia de comida denota superioridade intelectual, que é de elevados passar a Noite na sopa dos pobres ou a sofrer lendo Paul Auster ( Eis uma razão superdigna para nunca ser de esquerdas). Sinceramente, já não há parrocha para estes cagões, para estes forretas sentimentais, seres hediondos mutilados de sentimentos genuínos que infelizmente criam tendência entre um povão cheio de cartões de crédito mas tão falto de referências vitais. Olhem para a blogosfera: o must é estar-se a cagar para o Natal. Que horror proletário.
    Que quero eu então para o Natal? Amor no Mundo. Não, não estou a brincar às miss mundos: basta olhar para o povo que nos rodeia, reparar na carência efectiva de afectos, de quanto precisa a caixeira do supermercado desse “chega para cá, ó Maria, que eu quero te dizer uma coisa”. Não duvido que noventa por cento dos problemas da Humanidade se resolveriam com um par de quecas semanais. De peso, sim. Mas claro, o amor é fodido e nem toda a gente está preparada para ser digna dele, mas não faria mal à gentalha que entorpece o nosso quotidiano tentar ser menos tacanha no amor. Muito adora o povão celebrar com árvores, luzes e quinhentos euros em prendas idiotas o nascimento de Cristo, mas não me parece que ninguém se lembre da mensagem básica do discurso que lhe atribuem: “amem-se uns aos outros”, que não quer dizer que amemos o vizinho do 3-A com quem só nos cruzamos no elevador uma vez por semana. Também não é preciso exagerar. Amar-se uns aos outros é não deixar que o nosso marido vegete no sofá enquanto nos depilamos na casa de banho, é não dedicar o ócio a pastar em frente às montras nos centros comerciais, não permitir que os filhos sejam criados pela Play Station, é querer que os nossos velhos tenham um fim de vida digno.
    O que eu quero para o Natal? Que os amantes se encontrem na cama, que sempre haja esperança de gostar de alguém.



    Por Rititi @ 2007/12/10 | 6 comentários »


    grelame power my way united flavour

    GRELAME POWER


    My Way – United Flavour (feat Baron Black and El Condorsito)

    A nova banda sonora do mundo rosa cueca. O reconhecimento de anos de sacríficio, longe de casa, da família, dos amigos. A inspiração e o orgulho de todos nós. Tudo isto é Unity, o último trabalho de United Flavour, o grupo verdadeiramente global e transnacional da minha querida amiga Carmen Morejón, que é gira que se farta, escreve bem e canta melhor ainda. De Praga para o Mundo. Good vibrations, luv and affection, querida!


    Por Rititi @ 2007/12/09 | 4 comentários »