Este site foi concebido para ser visto num browser dentro dos limites da caducidade: infelizmente não é o caso do seu. Assim, a sua experiência de navegação será seriamente afectada. Sugerimos a instalação de um browser mais séc. XXI, se lhe for possível: http://www.mozilla.com/firefox . Mas qualquer outro serve.

Rititi

Rititi

INÍCIO

  • ja ca voltamos podem encontrar nos numa

    JÁ CÁ VOLTAMOS

    Podem encontrar-nos numa praia ao sul da pátria lusitana. É fácil reconhecer-nos: somos os gajos que carregam duas sombrinhas, a geleira, o balde, as toalhas, a piscina de borracha, os cremes, o boné, as cadeiras e toda a tralha infantil e andam de cu para o ar atrás de uma criatura que come areia.


    Por Rititi @ 2009/07/30 | 11 comentários »


    coisas fazer enquanto o rititi boy

    Coisas a fazer enquanto o Rititi-Boy passa férias em casa dos Avós

    - Fumar na sala, na cozinha, na casa de banho, no corredor. Fumar.
    - Passar uma tarde no Prado e olhar em silêncio total para os quadros de Sorolla, assim me deixem as excursões da terceira idade ávida de cultura.
    - Ir ao cinema. (Antes, deveria lembrar-me onde se procuram os filmes nos jornais).
    - Fugir de parques, jardins, farmácias, secções infantis de grandes superfícies em geral e centros de saúde em particular.
    - Sessões intensivas de manicure, pedicure, limpeza de cutis, hidratação capilar, arranque de pilosidades várias e massagens ao ego e às musculaturas. Porque yo lo valgo.
    - Entrar na HM e só comprar roupa para mim.
    - Beber gins atómicos ao fim do dia em bares e esplanadas onde esteja proibida a entrada a crianças, grávidas e cães.
    - Jantar com amigos adultos, beber como adultos e ressacar como adultos.
    - Namorar com Mr. Pinheiro pelas ruas de Madrid, os dois sozinhos, sem carrinho, sem banho que preparar, sem vai lá tu agora. Só os dois e a nossa circunstância.
    (- ter saudades do Rititi-Boy, mas isto é segredo).




    Por Rititi @ 2009/07/27 | 12 comentários »


    momento gina passar o cabelo ferro

    MOMENTO GINA: PASSAR O CABELO A FERRO

    Quarenta graus nas ruas madrilenas e “The way we were” por décima oitava vez na televisão. E a estas alturas da minha aburguesada vida, com o carro estacionado à porta de casa e sem merdinhas intelectuais que me atormentem a escrita, posso confessar e confesso que este é o meu filme favorito. De longe. Mais que “E tudo o vento levou”. Mais que “Mujeres al Borde…”. E não é pelo Roberto, que rabos loiros que fiquem bem em fardas militares há muitos. É por causa dela, a inteligente Katie, a independente Katie, a idealista Katie, a chata Katie, a feia Katie que é incapaz de acreditar que aquele rapaz tão loiro da faculdade, tão bonito, tão popular, tão tudo, se tenha apaixonado por ela, a imperfeita, a do nariz absurdo, a que passa o cabelo a ferro. Porque assim somos nós, as mulheres imperfeitas, cheias de medos e complexos, as idiotas que, mesmo sabendo que há mais vida além das capas de revista e anúncios anti-celulite, quando esbarramos com essas gajas asquerosamente bonitas, de pele lisa e pernas infinitas, esquecemos tudo o que lemos, aprendemos, vivemos, bebemos, viajámos, rimos e amámos para ficar possuídas pela fragilidade mais absurda que nos faz acreditar que eles irão a correr feitos doidos atrás da loira de olhos doces, boca pequena e dentes como pérolas, dessa mulher ideal que cabe numa 36, sorri sem histerias, não se altera, nem se indigna, nem exagera e muito menos tem mau hálito quando se levanta. A gente sabe, depois de um sg ventil e um par de uisques (e uma dose de lágrimas bem sentidas em frente ao espelho da casa de banho), claro que sabe, que o nosso Hubbell nunca nos trocará pela protagonista de uma comedia romântica, que gosta de nós porque somos imperfeitas, chatas e histéricas, e também divertidas e absurdas, mas também sabemos, e não me fodam a estas alturas da minha vida, que a beleza não está só no interior. Por alguma razão continuamos a passar o cabelo a ferro.



    Por Rititi @ 2009/07/22 | 8 comentários »


    mae so ha mesmo uma me fijo en mi madre

    MÃE SÓ HÁ MESMO UMA


    Me fijo en mi madre y en mis hermanas, intento copiarlas pero es imposible porque son mucho más guapas que yo“.

    Cristiano Ronaldo e o ideal de beleza. Está tudo explicado.



    Por Rititi @ 2009/07/20 | 6 comentários »


    tambem e verao no rititi

    TAMBÉM É VERÃO NO RITITI



    Por Rititi @ 2009/07/18 | 4 comentários »


    um blogue masculino que podia servir de

    Um blogue masculino que podia servir de bom exemplo.

    O Alfaiate Lisboeta.



    Por Rititi @ 2009/07/17 | 2 comentários »


    deve ser do calor mas ando achar os

    DEVE SER DO CALOR

    Mas ando a achar os blogues masculinos (e então se são colectivos já não há cu que os aguente) chatos, a armar, a minha pilinha é maior que a tua, enfrascados em pintelhices e sensibilidades, ai os decretos de lei, ai e o Cavaco Silva, ai o liberalismo (liberalismo, uau, que emocionante, dasse), e tudo muito nhó-nhó-nhó e com licença, sem se mandarem pró caralho, que ainda dava uma bocado de animação à coisa, quando não é o Benfica, ou o Porto ou o Cristiano Ronaldo (claro que o Cristiano para os autores dos blogues masculinos é um panasca trincaspinhas sem talento nenhum sobrevalorado pelo marketing, o BES e o Scolari, um merdas, enfim). Olha, se ao menos os autores publicassem fotos deles, as gajas já tinhamos alguma desculpa para ir lá espreitar as profundíssimas masturbações sobre o PIB nacional. Se fossem giros, claro, que eu estou convencida que anda pela blogosfera muito trambolho armado em intelectual de bancada.


    Por Rititi @ 2009/07/16 | 19 comentários »


    juro pelos brilhantes do cristiano

    Juro pelos brilhantes do Cristiano Ronaldo que eu queria escrever um post de meia tarde sobre algum tema realmente inteligente, aproveitando que o Rititi-Boy dorme a bendita da sesta e ainda me sobram um par de cervejas geladas no frigorífico. Mas na Tele 5 uma ex-actriz porno nega a autoria de uns sonoros cornos ao parecer de consequências planetárias, toda ela soluços, histeria, manicure francesa e mamas a um suspiro de explodirem en directo. Estou hipnotizada. O público tanto aplaude como a manda bugiar à base de assobios sinceramente ofendidos, o apresentador, o verdadeiro ícone da pos-modernidade gay, manda as câmaras enfocar os implantes mamários e eu, pás das tantas, pergunto-me para quê gastar o meu tempo e os meus neurónios em textos sobre a vida mundana se tenho, grátis, direito ao circo dos idiotas. Vou mas é buscar outra cerveja e os tremoços, que a vida é fabulosa quando é contada pelo patetismo dos outros.


    Por Rititi @ 2009/07/14 | 2 comentários »


    os casamentos sao para o verao te has

    OS CASAMENTOS SÃO PARA O VERÃO

    “Te has casado con una mujer guapa, por fuera y por dentro, que siempre nos hace sentir importantes, queridos, únicos. Margarida es luminosa. Para Manuel y para mí es la hermana ideal y la mejor amiga que se puede tener. Sí, Margarida es la mujer perfecta, aunque eso creo que ya lo sabías.
    Espero de todo corazón que la hagas tan feliz como ella nos hace sentir a nosotros todos los días que compartimos con ella. Y que juntos tengáis una vida plena, llena de amor, comprensión, cariño, paciencia e hijos guapísimos y muy morenos. Bienvenido a nuestra familia. ¡Y vivan los novios!”

    Excerto da carta lida ao recém estreado marido da minha irmã, ontem à tarde, em Olivença, depois de se terem dito, entre risadas e alguma lagriminha atrevida, que sim, que queriam ficar juntos para os restos, que o amor deles é à prova de dias cinzentos e chatos, que estão feitos um para o outro e por isso casavam, ao som de música do século XIX, numa igreja manuelina, à frente de quatrocentos convidados rendidos à sinceridade de tanto carinho. E quando os vi dançar Elis Regina naquela praça de touros, ela com o cabelo preso a orquídeas, vestido de seda com delicados bordados em tons verdes e ele recitando-lhe as suas razões ao ouvido, entendi que a felicidade está escrita de antigo e que eles os dois merecem todas as dádivas que lhe estarão reservadas no amanhã longínquo, quando o casamento, a igreja, a festa, o bolo da noiva, o baile, as prendas, os abraços e beijos de primos afastados não sejam mais que uma recordação guardada num album de fotografias bonitas.


    Por Rititi @ 2009/07/11 | 7 comentários »


    divindades cristiano ronaldo jose tomas

    DIVINDADES

    Cristiano Ronaldo, José Tomás, Michael Jackon… Se o mundo precisa de mitos, estes não me parecem nada maus. Não sei qual é o problema de fazer as pessoas felizes.



    Por Rititi @ 2009/07/08 | 6 comentários »