Este site foi concebido para ser visto num browser dentro dos limites da caducidade: infelizmente não é o caso do seu. Assim, a sua experiência de navegação será seriamente afectada. Sugerimos a instalação de um browser mais séc. XXI, se lhe for possível: http://www.mozilla.com/firefox . Mas qualquer outro serve.

Rititi

Rititi

INÍCIO

  • tambem gosto imenso da julie andrews

    TAMBÉM GOSTO IMENSO DA JULIE ANDREWS



    Por Rititi @ 2009/11/28 | Sem comentários »


    momento facebook canta canta amigo

    MOMENTO FACEBOOK

    Canta canta amigo canta, vem cantar a nossa canção, tu sozinho não és nada, juntos temos o mundo na mão, ou como a Rititi precisa urgentemente de ampliar o repertório musical para cantar ao filho nestas tardes de chuva que passamos os dois sozinhos em casa. Tenho a certeza que o puto me arranca os olhos se ouve mais uma vez olhei para o céu, estavastrelaaaaaado. Um santo, é o que eu pari, juro.


    Por Rititi @ 2009/11/26 | 3 comentários »


    3 anos do 31 da armada e mais uma festa

    3 ANOS DO 31 DA ARMADA

    E mais uma festa gira à que não poderei ir. Porra pra imigração.


    Por Rititi @ 2009/11/24 | 1 Comentário »


    trambolhos ao poder parece que alem da

    TRAMBOLHOS AO PODER

    Parece que além da manifesta falta de experiência nessa coisa chamada Europa, o tema de conversa sobre Lady Ashton, a nova alta representante de Política Exterior da UE, é que é feia que dói. Um cardo borriquero. Um queixo metido dentro do pescoço, os dentes (meu deus esses dentes…) paralelos ao chão, o nariz de bruxa, santo cielo, só lhe falta a verruga! Mete medo ao susto a senhora, é verdade. E depois? Alguma vez alguém questionou a beleza (ou falta dela) de Durão Barroso, de Javier Solana ou de algum desses comissários anónimos para o comum dos contribuintes? É que agora há algum casting para Miss Europa e a gente não sabia? Além de demonstrar competência e trabalho duro, mão esquerda e poder de negociação, agora uma gaja tem que passar duas horas em frente ao espelho para não insultar a vista alheia? Começo seriamente a pensar que esta coisa da igualdade só será efectiva quando se aplicarem (começando pelos idiotas dos comentadores, tertulianos e jornalistas em geral) os mesmos padrões de fealdade aos gajos que às mulheres, juro. E não passava nenhum. Sorte a nossa que o novo presidente da UE, o tal de Van Rompuy, é um borracho.


    Por Rititi @ 2009/11/23 | 2 comentários »


    uma gaja ja comeca estar farta barbie

    UMA GAJA JÁ COMEÇA A ESTAR FARTA



    Barbie Burka leiloada na Sotheby’s em nome da diversidade. Diversidade? E que tal leiloar Barbies escravas sexuais? Ou Barbies espancadas pelos maridos? E violadas? Bestas dum caralho.


    Por Rititi @ 2009/11/19 | 11 comentários »


    advogada nacionalizada espanhola e de


    A advogada nacionalizada espanhola e de origem muçulmana Zoubida Barik Edidi foi expulsa de um julgamento na Audiência Nacional pelo juiz Gomez Bermudez por levar véu. A advogada, obviamente, fez queixa às autoridades competentes, às organizações de direitos e a todos os meios de comunicação por islamofobia, intolerância, abuso de poder e, como não podia deixar de ser, por discriminação. Coitada, pá. Imagino que, ela que se sentiu discriminada por não poder levar o véu, de vez em quando pensará nas miúdas que ao primeiro período lhe enfiam o véu na cabeça para todo o planeta conheça a sua condição reprodutora, nas mulheres que suam que nem porcas às três da tarde em Agosto baixo um sol madrileno de quarenta graus tapadas até às orelhas enquanto os machos que as acompanham se passeiam em shorts, camisolas de alças e chanatas, nas estudantes universitárias a quem interesses familiares e económicos as arrancam das aulas, dos livros e do conhecimento para serem casadas com completos desconhecidos, ou nas milhares de mulheres que se submetem a operações para reconstruir esse dogma de fé chamado hímem em nome de uma honra que a outros pertence. Imagino que esta advogada discriminada, enquanto relatava a sua indignação aos meios multiculturais e solidários, se tenha lembrado daquela mulher, como ela muçulmana e residente em Espanha, que foi espancada por dois compatriotas tão ciosos dos usos primitivos que a deixaram em coma e lhe provocaram a morte do filho que trazia no ventre precisamente por não levar esse véu fundamental. Porque isto é o véu: discriminação em estado puro. Esta advogada, aliás, já fez saber que sem véu não pode exercer a advocacia, reparem. Isto é o véu, condicionar a mulher a um pedaço de pano. Sem véu não podem sair à rua, nem trabalhar, ou apanhar um autocarro. Sem véu as mulheres para boa parte da Humanidade não são dignas nem respeitáveis, não importa se têm cursos universitários, se votam ou pagam impostos. E isto não é cultural, nem se insere como parte de usos milenários, não senhora, o véu é consequência de uma religião determinada que, bem ou mal entendida, obriga as mulheres, no mínimo, a taparem a cabeça, quando não a cara completa, os olhos, as mãos, os pés, o corpo inteiro para não ofender uns gajos que até podem ser uns pais e maridos amantíssimos, mas que não passam de uma cambada de machistas que não consideram as mães, as filhas, as mulheres ou colegas de trabalho, ou seja, a metade da população, como iguais. Isto é véu, não me venham com tretas. E se a advogada se sente discriminada, olha, paciência, lamento imenso, mas deste lado do mundo em que vivo as coisas não funcionam assim. O multiculturalismo não justifica tudo, aqui não se respeita o machismo como parte de uma cultura, aqui não há pão para malucos nem desculpas para o atraso cultural e humano. Aqui as mulheres valem o mesmo que os homens. Aqui sobre a minha cabeça e o meu cabelo e o meu corpo mando eu.


    Por Rititi @ 2009/11/13 | 16 comentários »


    cielos

    Cielos…

    Cuántos mariquitas pueden caber en Fama, a bailar, por Dios?



    Por Rititi @ 2009/11/12 | 6 comentários »


    glamuque joan does glamour alexis de

    Glamuquê?

    Joan Does Glamour

    A Alexis de Dinasty acha que o povão inglês precisa de ser educado em matéria de estilismo e razão não lhe falta. Toda a gente sabe que as inglesas estão no píncaros da bimbice, que são as representantes máximas da moda horribilis e que, portanto, urgia um curso universal sobre a combinação de tecidos, cores, texturas, sentido comum e emagrecimento. As inglesas também têm direito a ser bonitas! As inglesas também podem passear em Benidorm sem serem gozadas pelos indígenas! Mas… Joan Collins? A mulher que não mudou de estilismo desde Dinasty? Não esqueçamos que esta Joan armada em Sartorialist é um dos Trambolhos mais consagrados da História e um dos clássicos do Universo Rosa Cueca. Aqui, a nossa Joan:

    Sobretudo discreta.

    E fina.

    Elegância pura.

    A pessoa, enfim, ideal para dar aulas de glamour às coitadas das bifas. Credo.



    Por Rititi @ 2009/11/10 | 5 comentários »


    mundo de mae cada vez e me mais dificil

    MUNDO DE MÃE

    Cada vez é-me mais difícil escolher a roupa para levar o puto ao parque infantil. Um dia destes vou de cuecas, botas e gabardina. Assim como assim acabo sempre toda cagada.


    Por Rititi @ 2009/11/04 | 5 comentários »


    quase 6 anos acho que este blogue esta

    Quase 6 anos

    Acho que este blogue está com o reumático.



    Por Rititi @ 2009/11/02 | 2 comentários »