Este site foi concebido para ser visto num browser dentro dos limites da caducidade: infelizmente não é o caso do seu. Assim, a sua experiência de navegação será seriamente afectada. Sugerimos a instalação de um browser mais séc. XXI, se lhe for possível: http://www.mozilla.com/firefox . Mas qualquer outro serve.

Rititi

Rititi

INÍCIO

  • Fodido mesmo era ser gaja

    Rititi a ver os Tudor e a pensar nas brilhantes mulheres de épocas passadas, cultas, poliglotas, refinadas, educadas para governar impérios e gerir fortunas infinitas e cuja sobrevivência dependia unicamente da sorte do útero.



    Por Rititi @ 2010/09/02 | 11 comentários »

  • @na says:

    fodido, mesmo!

  • Alexandra says:

    uma merda!!! por isso sempre digo que nascer mulher, só da nossa época para a frente, vai lá vai!

  • Teresa says:

    Não duvides, e esta é um dos maiores exemplos (o povo adorava-a). A sucessora não teve melhor sorte e acabou com a cabeça no cepo, completamente inocente. Tivesse tido um filho varão e outro galo cantaria.
    Vai por mim ao Prado ver o extraordinário retrato da filha dela por Antonio Moro. É FASCINANTE, perco-me a estudá-lo.

    Vê esta série, extraordinária de qualidade e de grande rigor histórico (matéria em que os Tudors são uma palhaçada grotesca): http://www.amazon.co.uk/Six-Wives-Henry-VIII-Complete/dp/B000KF0WXK/ref=sr_1_1?s=dvd&ie=UTF8&qid=1283690323&sr=1-1
    Ainda por cima, está por um preço de anedota. Seis episódios, um por rainha. E Keith Michell envelhece mesmo de maneira convincente, maravilhas de caracterização de 1970. Coisa que nos Tudos, sabemos, nem existe. O rapaz continua sempre com o mesmo arzinho de primeiras núpcias.

  • Rititi says:

    Obrigada Teresa!!
    Uma bela sugestão para a baixa maternal.
    Beijos

  • Daniela Major says:

    É interessante ler as cartas do Embaixador Imperial sobre a Katherine sendo que os Tudors mostram um lado dela, na realidade era muito mais inteligente, cunning e astuta do que a série demonstra. Também a relação dela com a filha é interessante. Apesar, do papel dela estar excelente, acho que a série não lhe faz a devida justiça.

  • Carla Prado says:

    Pensa pelo lado positivo: estivesses tu no lugar dela e a tua cabeça estaria segura em cima dos ombros graças ao Rititi-Boy :)

  • Susana Ferreira says:

    Rititi
    Eu iniciei-me há pouco tempo nesta série.
    ADORO ADORO, apesar de alguns erros e clichés. Passada a parte mais “pornô”, comecei perder cada vez mais a ideia de que “antigamente havia mais pudor”. LOL!
    Tenho imensa pena da espanhola ser uma renegada, mas também quem é que a manda estar sempre a rezar? Bjs

  • JM says:

    Mas fodido… fodido mesmo, era as gajas serem fodidas!

    (Bem-vinda de volta, já tava farto de garregar “ititi” nos meus favoritos e riem… nada, de nada!)

  • Catia says:

    Eu ja vi a serie toda, esta linda, mas acho q a penultima season foi um espetaculo, a ultima ficou-se um cadinho a espera de mais alguma coisa. Neverthless was amazing.

  • Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *

    *

    You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>