Este site foi concebido para ser visto num browser dentro dos limites da caducidade: infelizmente não é o caso do seu. Assim, a sua experiência de navegação será seriamente afectada. Sugerimos a instalação de um browser mais séc. XXI, se lhe for possível: http://www.mozilla.com/firefox . Mas qualquer outro serve.

Rititi

Rititi

INÍCIO

  • PRÉMIO VAI AO CU A TI: STRAUSS-KHAN E O ELOGIO DO MANGALHO

    - Espero que Strauss-Khan passe o resto da vida a penar por essa incontinência da entreperna. Que se foda ele e mais a inevitabilidade da pila. Que apodreça envergonhado, na prisão ou no desprezo público.

    -  Dá-me nojo, muito nojo, a classe política francesa e essa desculpabilização do furor genital deste velho asqueroso. Pior, cada declaração de um líder, diputado ou intelectual francês não é mais que um elogio do mangalho. Bravo pelo macho! Olé a pila do FMI! E que puritanos que somos os outros, incapazes de alegrar-nos que um senhor de esta idade espalhe virilidade por esse mundo fora, despejando poder pelas empregadas de hotel, jornalistas e estagiárias!

    - Como sempre, a culpa é nossa, das gajas, que nos pomos a jeito. Aliás, estamos aqui para ser assobiadas, apalpadas, tocadas, violadas, fodidas cada vez que um homem tem a urgência de se aliviar. Isto não é só em França. Portugal, Espanha, Itália… As gajas temos que entender, desculpar e até agradecer as bocas dos trolhas, o elogio do chefe às nossas pernas, a graçola cómica do desconhecido sobre as nossas mamas, como estamos giras com esse vestido. Sempre a mesma merda. Se usamos decotes é porque queremos ser comidas. Se andamos com passo seguro com uma mini-saia temos que estar preparadas para ser galadas por um imbecil qualquer. Se cruzamos as penas no autocarro mais nos vale aguentar o olhar lascivo do idiota que está à nossa frente. A mim não me apetece um caralho ouvir mais supostos elogios de gajos merdosos, dá-me asco. Eu não sou uma égua. Sou uma igual por muito que lhes doa e incomode a uma importante percentagem da população masculina. Porque quem acha que tem direito a comer-me com os olhos pensa que em algum momento também pode levantar-me a saia e foder-me ali mesmo. Para todos vocês, seus merdas, fodei-vos!



    Por Rititi @ 2011/05/22 | 10 comentários »

  • alfacinha says:

    a mulher como vitima dos homens ,não é sempre assim

  • Lucas says:

    Concordo com quase tudo… só me f..e que quando o gajo é giro as “lesadas” sorriem e acham piada ao piropo… mas se for um trolha mal parido já cai no saco dos parvalhões/tarados/rebarbados… se o velho asqueroso fosse o Davis Gandy o não era o mesmo pois não?

  • Ana says:

    Um grande VIVA para ti!
    Não é não!

  • Juanna says:

    Bravo, bravo!

  • Brisa says:

    Lucas, não é bem assim. Uma coisa é gentileza e pinta, que faz vibrar o ego feminino. Outra – muitíssimo diferente – é a piadola ordinária, que reduz a mulher a um pedaço de carne para “aviar”. São duas posturas masculinas distintas, infelizmente a que prevalece é a do machão cobridor, que, como só pensa com a pila, acha-se no direito de querer montar tudo o que lhe passar pela frente. Gostaria ele de ver a sua mãe/esposa/filha a ser galada grosseiramente por um gajo – trolha sujo ou colarinho branco imaculado?
    Às vezes, passam-me ao lado homens que acho uma loucura e nem por isso lhes mando piropos ou fico a comer com os olhos. Serei estúpida ou apenas bem-educada?

  • Lucas says:

    Bem educada ;)

  • Bárbara says:

    Muito bem!
    E digo mais: espero que DSK prove, na prisão, do seu próprio veneno, tantas vezes quantas violentou mulheres. Com os meus cumprimentos, cabrão!

  • Marina says:

    Subscrevo.
    Só lamento é as mulheres que falham no timing e aproveitam a boleia daquela que se insurge sem medos, para denunciar situações que, a seu tempo, podiam ter prevenido estes comportamentos rotineiros.
    Chateiam-me as vitimizações oportunas, quando cheira a indemnizações ou mediatismos questionáveis.
    E, claro, pior que o asqueroso, só a inabalável lealdade da sua primeira-dama.

  • Luis says:

    Grande texto Rita. Vamos já mandá-lo para o Le Monde, esse bastião da hipocrisia tonta europeia.

  • Jorge says:

    Nenhum “diputado” veio defender a pila do homem. Tens que aprender a ler notícias. Apenas se falou em possível conspiração. Mas lá está, tens tanta vontade de gritar o teu feminismo que inventas citações.

  • Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *

    *

    You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>