Este site foi concebido para ser visto num browser dentro dos limites da caducidade: infelizmente não é o caso do seu. Assim, a sua experiência de navegação será seriamente afectada. Sugerimos a instalação de um browser mais séc. XXI, se lhe for possível: http://www.mozilla.com/firefox . Mas qualquer outro serve.

Rititi

Rititi

INÍCIO

  • Prostituição da dor

    A blogosfera tem uma relação infantil com as personagens ditas públicas. Aliás, com tudo. Celebram-se campeonatos de futebol, prémios de cinema, novos discos, nascimentos de filhos de famosos com tanta leveza que tenho dias que acho que a maioria dos blogues são escritos por crianças de 10 anos. Mas mais assustadora é a explosão de sensibilidade quando ocorre a morte de uma pessoa famosa (conhecida não conta, tem de ser famosa e explicada pelo telejornal da TVI para a gente saber mesmo quem é o morto): de Miguel Portas, ao Bernardo Sassetti, passando pela Amy, a Cesaria Évora ou a Whitney Houston, não há blogger que não corra a escarrapachar o obituário com uma urgência atroz, com textos sentidos, tratando os mortos por tu, num tom de proximidade confrangedor e altamente ridículo, como se quisessem demonstrar que eles também gostavam de verdade do artista, do político, da pessoa pública. E quem diz blogues diz twitter e facebook: aqui a cambada não perde oportunidade para se sentir amigo íntimo dos mortos, permitindo-se publicar no mural do FB textos afligidos dedicados, como no caso do desgraçado do Bernardo Sassetti, não só ao morto, mas à mulher, aos filhos, à mãe, chorando a perda da obra, mesmo que nunca tenha ouvido uma puta de uma música escrita por ele. Vergonha na cara, não? Mas quem é esta gente, caramba? Pior que isto, só os posts escritos sobre o MEC e a penosa doença da mulher. Só não sente quem não é filho de boa gente, eu sei, mas estas odes a puxar à lagriminha, toda esta gramática sobre o amor e o cancro (maldita doença, desgraça infinita, bla bla bla) deixa-me envergonhada. É indecente de tão exibicionista.  Ante a doença, a dor, a morte, deveria exigir-se decoro, silêncio, bom-senso, deixar os mortos em paz e os doentes no calor da sua casa, deveria ser obrigatório um luto interior e não este espectáculo público de dor global, num circo ao mais puro estilo a morte-e-beatificação da Lady Di. Choramos aqueles que amamos. O resto é prostituição da dor.

     

     



    Por Rititi @ 2012/05/17 | 26 comentários »

  • marta silvestre says:

    e de repente não me sinto só no mundo. bravo!

    • António says:

      Parabéns, não retirava uma única virgula a este texto.
      Nunca fiz um post com o “Famoso RIP”, nem nunca pus um comentário num post desses, mesmo às vezes quando conhecia realmente a pessoa em questão.
      Bom texto.

  • Haja alguém que pense como eu. Não há paciência.

  • Raio-de-Luar says:

    Bravo!!!!!
    Ainda que eu já tenha manifestado pesar pela morte de figuras públicas, mas são as que gosto e conheço e realmente fico com pena de se terem perdido. Agora só porque sim, só porque é bem, só para ter um sem nº de visitas ou comentários, oh paciência!

  • S* says:

    Por acaso entendo mas não concordo. As figuras públicas, quando morrem, deixam-me chocadas. Não conhecia o Angélico, por exemplo, mas não deixei de me arrepiar com toda aquela situação. A Cesária Évora era uma senhora que muito apreciava. Evidentemente que não choro com a morte dos famosos, mas se são pessoas que estimo/acompanho, não vejo porque não possa ficar triste.

  • Rititi, dá-se o caso de as pessoas escreverem sobre coisas. E, escrevendo sobre coisas, acontece que as pessoas às vezes se desgovernam e escrevem coisas que, aos olhos dos outros (note o pormenor de “aos olhos dos outros”, é importante e voltarei a ele quando lhe disser, lá mais para baixo, que a Rititi escreve maravilhosamente e que faz parte do restrito grupo de blogs que perco tempo a ler) soa ridículo.

    Como já estamos cá para baixo, em verdade lhe digo que também a mim me escapa o seu qual o seu objectivo quando perde o seu tempo no copy and paste, a recortar figuras de sites de celebridades, para abrilhantar a coluna dos trambolhos de ouro. Crê a Rititi que as celebridade lerão o que escreve e colocarão as duas mãos na cabeça enquanto exclamam, em inglês, “Caramba, a Rititi não apreciou este meu vestido Yves Saint Laurent, que grande maçada, é o horror”.

    Mas isto é a gente a falar está claro…

    (agora deixo o campo livre para os “tem toda a razão, eu já tinha pensado nisso, só ainda não tinha tido tempo de o escrever”)

  • Ana C says:

    Não me faz puto de confusão. Nesse sentido e seguindo a lógica de raciocínio, o próprio MEC “prostitui” a sua dor, expondo-a, vendendo-a e publicando-a. Quanto ao resto, cada um pode carpir as dores públicas alheias à sua vontade, pois que não me parece que ofendam o dolorido e sua família. Fez-me bastante mais aflição ver uma velha de máquina fotográfica em punho, no velório do Miguel Portas. Essa sim, devia levar com uma marreta na cabeça.

  • Lux says:

    Rititi,
    Não mudava uma vírgula em todo o texto.
    Estas palavras podiam definitivamente ser minhas, pelo que solicito autorização para um ipsis verbis do texto, identificando a autora, claro!

    Lux

  • Blog da Bel says:

    Sensacional!!!
    Tudo dito em poucas palavras!!!

    Parabens!

  • Bartolomeu says:

    A “coisa” não deverá ser vista pelo lado da gnose, coadjuvada pela escatologia?!
    Quando assistimos pela televisão, nos telejornais, às manifestações populares que acompanham as vítimas de atentados terroristas nos países do norte de áfrica e médio horiente, notamos a presença obrigatória das carpideiras; mulheres que esbracejando emitem uns sons guturais, enquanto, em simultâneo, agitam a língua para cima e para baixo, num movimento frenético.
    Se pensarmos uns momentos, lembramo-nos com facilidade que ainda à pouco mais de 600 anos, parte da população de Portugal, era muçulmana e nós, herdámos-lhes muitas das palavras, muitos dos hábitos, saberes e costumes.
    Daí, pouco me espanta, que apesar da compressiva união dos países europeus, amais a sua indefectível global-iza-ção, mantenhamos bem vivos alguns dos nossos primordiais costumes-rreactivos-irracionais.
    Vem tudo nos compêndios…
    ;)

  • Rita says:

    “…que acho que a maioria dos blogues são escritos por crianças de 10 anos…”
    O seu é um deles…

    • Oh Rita, se este é um deles, porque é que cá vem? Aprecia literatura escrita por crianças de 10 anos, ou é auto flagelação?

      Das três uma, ou deixa uma opinião contrária, como o pipoco, ou concorda, ou não diz nada.

      Alguém a obriga a vir aqui?

      Deixar um comentário com um insulto encapotado, sem argumentos, diz mais da sua probeza de espírito do que propriamente sobre a autora do texto que comentou, não?

  • Esquilinho says:

    De um modo geral até concordo. Acho parvo, por exemplo, que se façam grandes elogios à obra do morto quando não se conhece essa obra sequer.
    Mas não acho nada parvo que fiquemos chocados com a morte de pessoas que acabam por ser, de certa forma, próximas de nós, quando as ouvimos ou lemos no nosso dia a dia. Obviamente, não são nossos amigos, não fazem parte da família, mas estão ali mais ou menos perto de nós.
    E também não acho parvo que se comente o cancro da mulher do MEC quando é ele próprio a expor a situação nas suas crónicas (como aliás já foi dito aqui).
    De maneira geral, acho que o importante é não generalizar. Não há necessidade de transformar tudo numa rábula – a menos, claro, que seja mesmo essa a intenção ;)

  • [...] que escreve, pois no meio desse desaforo todo vão brotando coisas com que concordo absolutamente, como esta! PartilharFacebookTwitterEmail This entry was posted on Sexta-feira, 18 de Maio, 2012 at 1:45 pm [...]

  • p D s says:

    Rititi, não posso concordar mais consigo.

    Mas !!!?!??!?! (e os “mas”, assim como eu proprio, somos chatos e lixados para caraças!)…mas e se fosse antes assim:

    Ante (…)” o prazer, o sexo “(…) deveria exigir-se decoro, silêncio, bom-senso, deixar os (…)” corpos vivos “(…) em paz e (…) no calor da sua casa (…) e não este espectáculo público de (…)” prazer global “(…) num circo ao mais puro estilo da morte-e-beatificação da Lady Di“.
    Fodemos “(…) aqueles que amamos. O resto é prostituição(…)” do Orgasmo.

    será que lhe faria sentido ?

  • As pessoas fazem de tudo para se parecer notadas, uns escrevem posts sentidos para com os mortos famosos, outros dizem q n vão escrever sobre eles e não vão explorar essas vertentes…este é o Mundo da Blogosfera e não é lindo?

  • Rititi, estou siderado com o seu poder de influência. A blogosfera inibiu-se de verter uma lágrima que fosse pela Donna Summer depois deste seu post…

  • Chama-se a isso uma tentativa de arranjar trafeo para o site, torna-lo famoso e publicar um livro.

  • macaquinha says:

    Não poderia estar mais de acordo .

  • sem-se-ver says:

    eu faço obituários no meu blog, quando são personalidades cujo desaparecimento lamento. e trato-os por tu, se os conhecia pessoalmente e os tratava por tu. e esses meus textos são sentidos, porque sentida me sinto com a morte deles.

    triste, entende?

    (bom seria não generalizar, rititi)

  • Maria Helena says:

    Completamente de acordo.
    (sem-se-ver,seria difícil falar do assunto sem ser desta forma. Beijinho)

  • Johng537 says:

    Because here is a list of multiplayer games is fekadcdefgde

  • That looks like my shower enclosure I got a hold of just lately,
    extremely happy about it for everyone found on the fence on the subject of acquiring one, do it
    now, you wont be sorry

    my web page … steam shower kits (http://insigniagt5000.pen.io/)

  • A large amount of great information on this great site, want a steam shower
    unit within my bathroom

    Here is my web blog … Steam Shower Whirlpool Bath

  • Christen says:

    Wonderful page, been searching forever and a day for tips
    on the perfect rattan furniture pieces for our home and in our garden. The site sincerely helpedgreat blog some great info here

    Here is my site; Rattan dining sets by port royal – Christen -

  • Absolutely love each of these steam showers

    Here is my web page – steam shower room (http://www.youtube.com)

  • Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *

    *

    You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>