Este site foi concebido para ser visto num browser dentro dos limites da caducidade: infelizmente não é o caso do seu. Assim, a sua experiência de navegação será seriamente afectada. Sugerimos a instalação de um browser mais séc. XXI, se lhe for possível: http://www.mozilla.com/firefox . Mas qualquer outro serve.

Rititi

Rititi

INÍCIO

  • O RE-LANÇAMENTO DO MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA SOBREVIVER AOS 40

    Para todos aqueles que não conseguiram ir ao lançamento na Pensão Amor, para os que não encontram o livro, para os que querem conhecer a vossa blogger favorita, para os que  não me podem ver à frente e sempre sonharam em atirar-me o livro à cabeça, para os querem perguntar-me como consigo emagrecer, para os que não saibam que fazer para a semana que vem, eis as datas dos eventos (sim, porque comigo um simples lançamento é um evento altamente recomendável):

    - Quinta-feira dia 18 às 19.30, na Fnac do Vasco da Gama em Lisboa. 

    Com uma apresentadora muito especial, uma maravilha de gaja, uma jornalista com todas as letras: a Sónia Morais Santos (desculpem-me mas não lhe consigo chamar Cocó). Conheço a Sónia desde que tive a sorte de escrever no DNa, onde éramos vizinhas de página, eu uma blogger inconsciente a saltar para a primeira vez para o papel e ela, pronto, ela uma jornalista a sério, que escrevia – e escreve – bem como o caraças. Obrigada, Sónia, por teres aceite apresentar o meu “Manual de Instruções”, para mim é uma verdadeira honra!

    - Quinta-feira dia 18 às 21.30, na Fnac do Colombo

    Apresentado pelo meu querido Fernando Alvim (obrigada, obrigada, obrigada, outra vez!). Aos que assistirem a esta hora (repito, 21.30), agradeço que me levem uma sandocha de courato, um tupperware com panadinhos ou um miserável pedaço de pão, que a essa hora devo estar desfalecida. Se conseguirem levar às escondidas uma superbock também era simpático. Sou uma mulher que acha que o álcool também tira a fome.

    - Sexta-feira dia 19 às 19.00, na Fnac do NorteShopping no Porto.

     Levar o “Manual de Instruções para Sobreviver aos 40″ ao Porto é muito importante para mim. Tenho família no Porto, amigos do coração, adoro a cidade, adoro o Douro, adoro o  vinho do Douro, as minhas caralhadas encaixam perfeitamente com o sentido de humor dos portuenses, acho as mulheres do Norte lindas e desembaraçadas… Bolas, o meu marido é de Espinho! Estou mesmo contente por finalmente apresentar o meu livro lá. Já devia esta visita desde que lancei “O Livro da Rititi”, há várias décadas geológicas atrás, por isso, minha gente, lá vos espero. Não sei ainda quem apresenta a criatura, mas lá está, estando eu, o livro, o Alvim e, sobretudo, vocês já temos a festa feita!


    Por Rititi @ 2013/07/12 | 6 comentários »


    A Festa, o Livro, a Promoção, Lisboa

    Sou uma mulher feliz. Muito. Quatro dias em Lisboa deram para tanta coisa, que em vez de um post, deveria criar um blogue só par escrever e publicar tudo o que de bom me aconteceu. Ora vamos por partes:

    - Grande visita ao Goucha (ou seja, ao Você na TV, na TVI). Sentadinha ao lado da Fernanda Serrano e da Ana Catarina Afonso, giras e simpáticas de morrer, esta pequeno-burguesa (eu) lá esteve meia hora a conversar sobre o “Manual de Instruções para Sobreviver aos 40″. O Manel Luis Goucha é O entrevistador, com um sentido de humor muito inteligente, esperto até dizer chega e muito rápido. Aqui me declaro a sua fã número um. Respect!

    -  Tarde na Prova Oral, na Antena 3, com o meu querido editor Fernando Alvim. Gosto tanto, mas tanto de ir à Prova Oral,  gosto tanto do Fernando Alvim que podia ser convidada todos os dias. Ou semanas. Estás a ouvir, ó Alvim?

    - Também passei uma rica noite no 5 para a Meia Noite com o Pedro Fernandes, mais o Pedro Lamy e  Sir Scratch. Um dos programas mais simpáticos onde fui. E o Pedro Fernandes não pode ser mais giro.

    - Como se tudo isto não fosse suficiente, ainda fui visitar a querida Carla Rocha, no Rocha no Ar, na RFM (o podcast ainda não está disponível, mas foi tão bom. Obrigada, mesmo).

    -  E porque a mim me sobra o tempo, ainda voltei à Antena 3 para gravar as Manhãs da 3, com o Diogo Beja. Já disse que adoro ir à radio?

    E depois, sexta feira, aconteceu a maravilhosa apresentação do livro na Pensão Amor, pelo Fernando Alvim e a Joana Azevedo. Tanta gente, tantos bons amigos, tantos leitores, bloggers, tanta família, tanta boa onda. Obrigada. Sentada naquele estrado, a olhar para a Pensão Amor a abarrotar, com a gente de pé, senti-me a mulher mais afortunada do mundo. Nunca terei palavras suficientes para vocês, nunca poderei expressar o grata que me sinto.

    E obrigada, muito obrigada, ao Fernando Alvim, o melhor editor que uma mulher pode ter. Atencioso, paciente e que me obrigou, numa noite em frente a uma garrafa de vinho em minha casa, a sentar-me a escrever. Às vezes, tantas vezes, é preciso que nos empurrem, que nos atirem para a folha em branco, que nos abanem. E  a Cego Surdo e Mudo, tão despretensiosa , tão despachada, tão atenta, tão Alvim, é o sonho de editora. Obrigada.

     

    Na apresentação com a Joana Azevedo e o Fernando Alvim. Mais simpático não podia ser.

    Eu e o Alvim, em plena galhofa (foto da querida Tati, que tem uma reportagem completa no blogue dela). Mais fotos da apresentação no Facebook do blogue e da Cego Surdo e Mudo.

    A pequeno-burguesa (eu) com as giraças da Fernanda Serrano e da Ana Catarina Afonso na TVI. Os sapatos, lindos, são da marca EMMA GO, feitos para mim porque uma gaja só lança um livro duas vezes na vida (por agora). Gracias Leo!!

    Momento “rabo de 20 anos” no 5 para a Meia Noite, com o Pedro Lamy e o querido do Pedro Fernandes

    A Grande Obra da Literatura Universal na Fnac. Ao lado de “Os homens preferem-nas roliças”. Acho que apanharam o espírito.

    O livro está, por agora, na Fnac, no Corte Inglês e em algumas livrarias. Mais fácil, mesmo, é comprá-lo no site da Cego Surdo e Mudo. O Manual custa a barbaridade de 4,90. Mais simpático, impossível, minha gente.

    E agora vou descansar um bocado. Tanta emoção não é bom para uma mulher da  minha idade.

     

     

     



    Por Rititi @ 2013/06/17 | 6 comentários »


    Rititi na Cidade

    Já falta nada, nada para a Grande Festa de Lançamento do livro do verão, o “Manual de Instruções para sobreviver aos 40, Continuar Sexy, com alguma vida sexual e não parecer uma lontra”, editado pela Cego Surdo e Mundo.

    Então apontem aí: dia 14, na Pensão Amor (Rua do Alecrim, 19), em Lisboa, às 18.30.

    Este maravilhoso livro será apresentado pelo Fernando Alvim, a Joana Azevedo e Vanda Miranda. E teremos música do DJ Charlie Funk, que por acaso é o meu irmão e é giro nas horas. E copos. E beijos. E livros. E autógrafos. E eu, que até sou uma moça que anima bastante as festas. Com um bocadinho de sorte ainda me embebedo e caio dos saltos abaixo. E canto em público. Ou conto umas anedotas picantonas. Só animação, já sabem.

    Por isso, meus queridos e minhas queridas, apareçam. Sozinhos, com namorados, com maridos, com as mulheres, com as sogras, com os filhos, de vestido, descalços, mas com vontade de se rirem e passarem uma tarde divertida.  Eu terei todo o gosto do mundo de estar com vocês e mandar umas risadas.



    Por Rititi @ 2013/06/10 | Sem comentários »


    A capa mais gira do ano

     

    … do livro mais giro do ano. Um “Manual de Instruções para Sobreviver aos 40… e continuar sexy, com alguma vida sexual e não parecer uma lontra”. Ou não. A partir de 4 de Junho estará nas bancas no nosso país. Os que não conseguirem aguentar até lá, saibam que já está disponível site da Cego Sudo e Mudo.

    A meio do mês teremos uma fabulosa festa de apresentação, com música, gins tónicos, conversa e uma onda muito, mas muito divertida. Porque este pequeno manual serve para isso, para dar uma risadas valentes e tentar relativizar sobre o nosso físico, a nossa (cada vez mais inexistente) vida social ou as tentativas de ter uma carreira profissional decente sem dar em doida. E sobre ter sexo sem nos deixarmos adormecer no sofá depois de jantar. Dizem  que existem por aí super-mulheres que são magríssimas e viajam a destinos exóticos cada três meses e são as super chefas do lugar e mães pacientes e amantes tesudas e cozinheiras primorosas e leitoras inveteradas e fashionistas convencidas e até violinistas nas horas livres. Mas eu não sou capaz. Pelo menos não são capaz de ser tudo isso ao mesmo tempo. Eu não sou uma super-mulher, desisto, caguei. E acho, sinceramente, que a maioria das mulheres que eu conheço são maravilhosas, divertidas, espertas, boas profissionais, grandes mães e melhores amantes, sim, mas aos bocadinhos, com dias de merda, que têm direito a estar cansadas, angustiadas ou com preguiça. Este ”Manual de Instruções para Sobreviver aos 40…” é para todas essas mulheres, as mulheres de verdade. Espero que gostem.

     



    Por Rititi @ 2013/05/28 | 12 comentários »


    Extra! Extra! Novo livro Rititi!

    Minha boa gente, leitores que me acompanham depois de tantos e tantos anos, há novidades, e das boas, in da house! Esta vossa blogger favorita acabou de mandar um livro todo catita para a editora. Estará nas livrarias já em Junho, para o poderem comprar e levar para a praia, a piscina ou até para o parque de campismo, oferecer às cunhadas, às melhores amigas, às colegas de trabalho! Sim, para elas, para vocês, raparigas e moças do nosso país, porque este simpático livro que está a ser editado pela Cego Surdo e Mudo, será um “Manual de Instruções”. De instruções de quê? Ah, isso já vos direi mais à frente. Mas estejam descansados, que isto não é um livro de auto-ajuda, que não dei em guru da vida dos outros. Enquanto tiver a capa, mostro.

     

     



    Por Rititi @ 2013/05/08 | 10 comentários »


    Rititi responde ao Alvim

    Para os inquéritos de Férias do jornal Metro. Adorei, como adoro tudo o que me propõe o Fernando Alvim, umas das pessoas mais frenéticas que conheço. Falar com ele é ser bombardeada com ideias giras, projectos originais, além de gargalhadas, disparates e muito boa onda. Obrigada Alvim. Mais, se faz favor.

    Umas férias
    Um casal de recém casados, um veleiro no mar Mar Adriático, um jantar à luz das velas numa ilha croata semi-deserta, amor verdadeiro, luxuria de juventude e aproximadamente 2 milhões de mosquitos kamikazes que se dedicaram a picar durante 8 horas cada parte do meu corpo incluindo zonas íntimas, pálpebras, couro cabeludo, cotovelos ou dobras. Horrivel. E sim, um veleiro é como uma tenda de campanha, mas dentro de água.
    Uma ideia
    Proibir a músical chill out e a “ibização” das praias portuguesas.
    Uma asneira
    Acampar às 5 da manhã, junto com um grupo de amigos altamente embriagados, à porta da rulote de um campista profissional no Parque de Campismo da Praia da Galé, destruir-lhe os canteiros, semear-lhe o jardim de garrafas de cerveja, insultar o homem quando nos acordou às 8 da manha para voltar a domir e ignonar o desgraçado, algures em mil novecentos e noventa e tal. Como dizem os espanhóis, “juventud, divino tesoro”
    Uma paixão
    Percebes e imperiais com vistas para o mar. O mar português. Portugal.
    Uma curiosidade
    É impossivel espirrar de olhos abertos.
    Uma pergunta
    Afinal o Marco encontrou a mãe ou não?
    Uma resposta
    Mais, se faz favor.
    Uma lição
    À noite laru-laru, de manhã cabeça no cu.
    Uma aventura
    Fazer a rotunda do Marquês.
    Um segredo
    Nunca vi um programa no Bruno Nogueira
    Um desabafo
    Detesto andar de salto alto, fazer a depilação e arranjar os pés.
    Uma invenção
    Bolas de berlim que não fiquem arruinadas quando caiam na areia. Os meus filhos agradecem.
    Um problema
    Arranjar poejos em Espanha para fazer uma açorda rica de bacalhau com figos. Sou uma mulher tão requintada, credo…
    Onde se comem os melhor caracóis de Lisboa
    Não sei, mas agradecia que o seguinte inquirido me respondesse a esta pergunta. Ou mandem-me um mail, se faz favor.


    Por Rititi @ 2012/09/17 | 5 comentários »