Este site foi concebido para ser visto num browser dentro dos limites da caducidade: infelizmente não é o caso do seu. Assim, a sua experiência de navegação será seriamente afectada. Sugerimos a instalação de um browser mais séc. XXI, se lhe for possível: http://www.mozilla.com/firefox . Mas qualquer outro serve.

Rititi

Rititi

INÍCIO

  • machista nao e so quem bate na mulher

    MACHISTA NÃO É SÓ QUEM BATE NA MULHER

    As mulheres, duas ou três que por lá andam (na revista Atlântico) escrevem umas coisitas sobre a vida mundana. (…) E os homens atlânticos aplaudem-nas como cãezinhos, neste caso cadelinhas, amestradas que brilham com os seus truques de circo. Bravo.

    Cara Ana de Amsterdam, tem toda a razão. A minha estupidez genética (sabe, sou mulher) e total incapacidade de apreender qualquer informação digna de ser vomitada num artigo da imprensa escrita obriga-me a escrever sobre idiotices, banalidades da vida mundana. Deve ser o hábito de ser aplaudida como a uma vaca que acabou de ganhar o primeiro prémio na feira Agropecuária de Beja, não me leve a mal: cá em casa é assim, cada vez que abro a boca atiram-me moedas de dez cêntimos que vou amealhando para comprar mais uma Hola, a minha bíblia vital.
    Suplico-lhe, porfavorporfavor, que tenha compaixão de mim, pois não passo de uma fútil rapariga a quem os ovários, as mamas e a obrigação de pôr máquinas a lavar negaram a profundidade para dissertar sobre temas verdadeiramente importantes e publicáveis. Graças a Deus existem homens que escrevem nas revistas, e nos blogues, e nos livros – sabe-se lá a rebaldaria de sentimentos que esta merda não seria. E graças a Deus que temos por cá mulheres como a estimada Ana, que nos lembra ao resto do gajedo que a futilidade não nos é permitida, que escrever (e ser paga por isso) sobre sapatos ou filhos é para donas de casa mentais, sopeiras que não ouvem músicas em francês, analfabrutas sem acesso aos cursos de mestrado na Universidade Nova e que só seremos respeitadas quando nos comportarmos como homens e aprendamos a mijar de pé e a escrever sobre grandes assuntos da Humanidade (quem sabe se crónicas sobre futebol e charutos não nos dignifiquem). Só não lhe perdoo a comparação com as cadelinhas: tive uma rafeira chamada Leidi que era muito mais inteligente que maior parte dos bloggers que poluem a internet pátria, por muito Coetze que leiam. Bom Ano.



    Por Rititi @ 2008/01/06 | 9 comentários »


    grandes citacoes ninguem parece muito

    GRANDES CITAÇÕES

    “Ninguém parece muito preocupado em falar sobre os problemas graves deste País, como a pobreza, que, se dúvidas houvesse, está cada vez mais visível. Deve haver um medo qualquer de se ser considerado demagógico, e mesmo um pouco frívolo, pois se toda a gente sabe que em Portugal se vive mal, não há dinheiro, há fome, e então?”

    No Bomba Inteligente, um lindo blogue cor de laranja.



    Por Rititi @ 2008/01/05 | 2 comentários »


    acojona el panorama

    ACOJONA EL PANORAMA….

    You see, according to Cocteau’s plan I’m the enemy, ’cause I like to think; I like to read. I’m into freedom of speech and freedom of choice. I’m the kind of guy likes to sit in a greasy spoon and wonder – “Gee, should I have the T-bone steak or the jumbo rack of barbecued ribs with the side order of gravy fries?” I WANT high cholesterol. I wanna eat bacon and butter and BUCKETS of cheese, okay? I want to smoke Cuban cigar the size of Cincinnati in the non-smoking section. I want to run through the streets naked with green Jell-o all over my body reading Playboy magazine. Why? Because I suddenly might feel the need to, okay, pal?
    I’ve SEEN the future. Do you know what it is? It’s a 47-year-old virgin sitting around in his beige pajamas, drinking a banana-broccoli shake, singing “I’m an Oscar Meyer Wiener”.


    (Edgar Friendly, in Demolition Man)



    Por Rititi @ 2007/12/16 | Sem comentários »