Este site foi concebido para ser visto num browser dentro dos limites da caducidade: infelizmente não é o caso do seu. Assim, a sua experiência de navegação será seriamente afectada. Sugerimos a instalação de um browser mais séc. XXI, se lhe for possível: http://www.mozilla.com/firefox . Mas qualquer outro serve.

Rititi

Rititi

INÍCIO

  • e sobre morte de mitos um dos dias mais

    E SOBRE A MORTE DE MITOS

    Um dos dias mais infelizes da minha aparatosa e desengonçada adolescência: aquele em arranquei do meu armário os posters dos Milli Vanilli.


    Por Rititi @ 2009/07/02 | 3 comentários »


    que se fodam os anos 80 backstreet boys

    QUE SE FODAM OS ANOS 80


    Backstreet Boys – Everybody (1998)

    Outro clássico da trash-music que toda a gente conhece mas tem vergonha de dizer em público por causa do estigma talkingheads. Tonhós, só podem.


    Por Rititi @ 2009/03/09 | 6 comentários »


    que se fodam os anos 80 new kids on

    QUE SE FODAM OS ANOS 80


    New Kids on the Block – Step by Step (1990)

    E começa aqui uma sentida homenagem às minhas boys-band mais íntimas, às bandas sonoras do duche matinal, às tentativas de coreografias manhosas nas matinés de sábado, aos bacanos que se atreviam com coletes e franjas cardadas e nao por isso eram menos machos e a esse clássico da música romântica adolescente que é o oooooobeeeeeeibiiiiii. Vá lá, nao se armem em caganitas, que eu sei que vocês gostam.


    Por Rititi @ 2009/03/07 | 11 comentários »


    que se fodam os anos 80 en vogue my

    QUE SE FODAM OS ANOS 80


    En Vogue – My Lovin’ (You’re Never Gonna Get It) – 1992

    Mas bem pensadas as coisas, eu para adolescente hormonal estava muito bem. Aliás, estava melhor que bem; tinha amigas (elemento fundamental para ser feliz), era magra (elemento fundamental para ter amigas), tinha aparelho (elemento fundamental para mais tarde ter gajos e ser invejada pelas que não eram minhas amigas) e tinha enchumaços (elemento fundamental para estar na moda e por tanto ter amigas). Que agora me horrorizem a franja, os sapatos de fivela (quando não eram de vela), as gangas deslavadas, as permanentes que queimavam o cabelo ou os elásticos de veludo é sinal que estava mais que enturmada nos felizes anos 90. É fodido, mas já na altura era popular. E gira. Não admira que não me convidem para escrever sobre grupos deprimentes de pop inglês na ipsilón.



    Por Rititi @ 2009/01/24 | 5 comentários »


    que se fodam os anos 80 6 bjork big

    QUE SE FODAM OS ANOS 80 (6)

    Björk – Big Time Sensuality (Debut, 1993)

    E que me dizem desta explosão de música de dança sem complexos, culta e divertida e banda sonora da última geração, a nascida nos fabulosos 70, que saiu à noite sem precisar que os pais lhes esperassem às quatro da manhã à porta da nisconaite? Saberão os menininhos de vinte e tal pedir um táxi?


    Por Rititi @ 2008/05/18 | 5 comentários »


    que se fodam os anos 80 beverly hills

    QUE SE FODAM OS ANOS 80


    Beverly Hills 90210

    Podia ter escolhido Twin Peaks, mas o pedantismo não me seduz o suficiente. Eu sou mais de séries hormonais, roupa gira, sofrimentos de colégio de freiras, complexos sobre o tamanho das mamas e o fim da ortodontia e amores nascidos nas discotecas da moda. Aliás, Laura Palmer já estava morta quando a encontraram, que grande codilho.


    Por Rititi @ 2008/04/18 | 4 comentários »


    que se fodam os anos 80 trendencias

    QUE SE FODAM OS ANOS 80


    (trendencias)

    Especialmente dedicado ao 31 da Armada em geral e o Rodrigo Moita de Deus em particular.



    Por Rititi @ 2007/11/29 | 3 comentários »


    que se fodam os anos 80 um site para

    QUE SE FODAM OS ANOS 80


    (um site para gente que ainda não se recuperou do trauma)

    E os cabrões dos japoneses psicopatas que inventaram didácticas e alegres séries para as crianças da nossa geração. Se Marco é um claro exemplo da banalização do mal, então que contar de Candy Candy? Que tipo de desequilibrados contratavam nos estudios de anime do Japão? É que não havia mais putadas que inventar para a desgraçada da miúda? Quantos capítulos de mortes, separações, amores desencontrados e traições pode aguentar uma mulher? Tens toda a razão, Rodrigo, muito bons somos nós da cabeça.


    Por Rititi @ 2007/11/25 | 5 comentários »


    que se fodam os anos 80 dee light

    QUE SE FODAM OS ANOS 80

    Dee-Light – Groove is in the Heart

    Educação musical,
    querida Carla, e psico-social também. Porque qualquer que tenha sido obrigado a aprender a dançar em público (e em frente a toda a turma numa discoteca para adolescentes, ai mãezinha) com os Dee-Light nunca na vida de adulto teve um complexo.



    Por Rititi @ 2007/11/23 | 9 comentários »


    que se fodam os anos 80 snap power pois

    QUE SE FODAM OS ANOS 80


    Snap – The Power

    Pois é, a única geração de jeito é a que teve 15 anos em 1990. Quem sobreviveu, como eu, à adolescência com os cabelos cardados, enchumaços XXL, calças de ganga pelo tornozelo lavadas a pedra, é feito de outra matéria. Já gostaria eu de ver os putos de agora a marmelar com os slows de Rick Asley (ou o que é bastante mais asqueroso: ao som dos inenarráveis Trovante, arrrrg…) enquanto bebem aquela bebida radioactiva chamada pisangambom… Não há quem nos chegue aos calcanhares, por muito que os adoradores dos anos 80 insistam em fazer-nos acreditar na magia daquela década decadente e bizarra (nota mental: já repararam que os adoradores dos anos 80 não sabem dançar?). Sim, amores, já podem ir mandando bitaites que não têm razão: os que nasceram antes de 1970 são uns cotas que deveriam deixar de invejar-nos e tentar ser felizes com a maturidade e a calvície. De preferência podiam ir deixando espaço na pista de dança e ir para casa lamber capas dos Clash ou o que raio ouvissem quando eram jovens. Os que nasceram depois de 1980 são uns pintelhos insignificantes ao nosso lado. Não vale a pena: vão beber copos para Santos.


    Por Rititi @ 2007/11/21 | 23 comentários »